A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/03/2016 15:10

Esquema de segurança para protesto no domingo terá 600 policiais militares

Policias civis à paisana, guarda municipal, Corpo de Bombeiros e Agetran também darão apoio

Bianca Bianchi

Pelo menos 600 policiais militares farão parte do esquema de segurança montado para o protesto contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) do próximo domingo (13), em Campo Grande. O evento, organizado pelos movimentos Reaja Brasil, Chega de Impostos, Pátria Livre, Democrático Pró-impeachment, além de instituições como Rotary Clube e Maçonaria, tem previsão de iniciar concentração na Praça do Rádio Clube às 14h e pretende reunir 100 mil pessoas.

De acordo com o comandante de Policiamento Metropolitano da Polícia Militar, coronel Waldir Ribeiro Acosta, policiais militares a pé, em motocicletas e com a cavalaria acompanharão a multidão. Equipes do Batalhão de Choque e do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) estarão a postos para agir em situações extremas.

Policiais militares e civis à paisana também acompanharão o público. "Garrafa de vidro, pedaço de pau, qualquer coisa que possa servir como arma será recolhido pela PM", explicou Acosta.

O esquema de segurança montado pelo Serviço de Inteligência e Informação da Polícia Militar prevê a interdição dos dois sentidos da avenida Afonso Pena, da altura da Rua Rui Barbosa até o viaduto sobre a avenida Ceará, a partir das 13h.

"A ideia é que os carros de som e o público circulem pela pista da direita e canteiro central. A pista da esquerda será reservada para que viaturas policiais e de resgaste façam o atendimento com maior rapidez e segurança", explicou o comandante do BPTran (Batalhão da Polícia Militar de Trânsito), tenente-coronel Renato Toletino Alves.

Segundo o comandante metropolitano do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Jairo Kamimura, 13 homens e cinco viaturas, sendo uma delas de combate a incêndio, também darão apoio. 

Equipes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) estarão durante o trajeto apontando opções viárias aos motoristas que quiserem desviar da manifestação. A Guarda Municipal não soube informar, até o fechamento desta, o efeitvo que será disponibilizado para o protesto.

A manifestação tem previsão de acabar por volta das 19h em frente ao Ministério Público Federal.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions