A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

18/05/2016 16:39

Estudo vai apontar qual asfalto está “vencido” e onde faltou qualidade

Fernanda Mathias
Na, Fábio Zahran, buracos denunciam má qualidade do asfalto (Foto: Alcides Neto)Na, Fábio Zahran, buracos denunciam má qualidade do asfalto (Foto: Alcides Neto)

A Seintrha (Secretaria de Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) de Campo Grande finaliza estudo que vai apontar quais as vias em que a abertura recorrente de buracos está associada ao desgaste natural do pavimento e onde há falta de qualidade na obra de pavimentação.

O titular da pasta, secretário Amilton Cândia, cita alguns exemplos dos dois casos. O asfalto “vencido” pode ser encontrado nas avenidas Marques de Herval, José Nogueira Vieira, Presidente Vargas e Ernesto Geisel. Já nas avenidas Fábio Zahran, que é mais nova, na Júlio de Castilhos e trechos da Afonso Pena – que receberam ações de recapeamento recentemente – o problema é falta de qualidade.

 

Já na Marquês de Herval, o pavimento já está vencido pelo tempo, diz secretário (Foto: Alcides Neto)Já na Marquês de Herval, o pavimento já está vencido pelo tempo, diz secretário (Foto: Alcides Neto)

Cândia explica que a proposta é “requalificar” as vias de Campo Grande e não somente fazer o recapeamento e explica. “Requalificar é, além de fazer o recapeamento instalar sinalização semafórica vertical, horizontal, placas de trânsito, faixas de pedestre, cuidar da acessibilidade nas calçadas”.

Sem mencionar a dimensão do projeto ou valores necessários, o secretário ressalta que deve buscar a parceria com o governo Estado para garantir recursos para as obras. Também não foi informado um cronograma. “Já estamos finalizando este estudo. O que temos percebido é que a maioria dos buracos que a chuva está abrindo são novos, por isso é preciso um trabalho grande de qualificação das vias”, finaliza o secretário.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions