ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Estudos da vacina contra dengue entram na fase 3 e UFMS seleciona médicos

Entre as atribuições dos médicos selecionados, estão consultas com crianças a partir de dois anos, adolescentes e adultos

Por Lucia Morel | 19/02/2021 18:54
Profissional se preparando para aplicar vacina em Campo Grande. (Foto: Arquivo)
Profissional se preparando para aplicar vacina em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

Vacina do SUS (Sistema Único de Saúde) contra a dengue a ser produzida pelo Instituto Butantan entrou na fase três de pesquisas e médicos que queiram participar da análise de dados das pessoas vacinadas podem se inscrever. A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) atua no processo de desenvolvimento do imunizante.

Pesquisador responsável pelos estudos da vacina em Campo Grande, o infectologista e professor da Faculdade de Medicina, Erivaldo Elias Junior, diz que não é mais possível, nessa fase da pesquisa, participar como voluntário a receber o medicamento. “A atual fase corresponde ao acompanhamento dos participantes vacinados em 2016 e 2017”, explica.

Conforme a UFMS, entre as atribuições dos médicos selecionados para isso, estão consultas com crianças a partir de dois anos, adolescentes e adultos participantes do estudo.

As atividades irão incluir exame físico; documentação de história médica; verificação de medicações concomitantes e prévias; conferência de carteira de vacinação; realização de prova do laço; documentação e avaliação de evento adverso e evento adverso grave e acompanhamento de segurança após a vacinação.

Os médicos irão realizar ainda avaliação de resultados laboratoriais; revisão e assinatura de ficha clínica; contatos de vigilância; consultas de febre, vigilância e eventos adversos; e prescrição médica.

É preciso também ter disponibilidade para atuação entre as 17h e 22h em dias úteis e aos sábados pela manhã, conforme escala da equipe.

As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas no dia 1º de março de 2021 na sala 51 da Famed, na Cidade Universitária em Campo Grande. O atendimento será das 8h às 11h e das 13h às 16h, seguindo orientações do Plano de Biossegurança da Faculdade. Para participar, acesse aqui.

A pesquisa para desenvolvimento da vacina acontece desde 2016 e agora está na fase 3. O estudo para a avaliação da eficácia e segurança da vacina tetravalente contra a dengue, ou seja, contra os quatro tipos virais, inclui quase 17 mil participantes em diversos estados, sendo 562 em Campo Grande.

Já há uma vacina contra a doença, desenvolvida pelo laboratório Sanofi-Aventis e já é comercializada e aplicada em clínicas particulares.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário