A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

31/03/2014 21:12

Expogrande 2014 deve movimentar 250 milhões

Alan Diógenes e Zana Zaidan
Presidente da Acrissul disse que  meta é superar o valor arrecadado no ano passado. (Foto: Zana Zaidan)Presidente da Acrissul disse que meta é superar o valor arrecadado no ano passado. (Foto: Zana Zaidan)

Os organizadores da 76ª Expogrande 2014 pretendem movimentar mais de 250 milhões durante a feira que acontece no dia 24 de abril a 4 de maio no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande. Ao todo serão realizados cerca de 40 leilões com mais de 20 mil animais.

Também serão realizadas durante a feira, palestras de todos os segmentos e apresentação de novas tecnologias para a pecuária. Além disso, o evento conta com uma novidade que será o “Dia de Campo”, que vai acontecer na Fazenda Baía Grande, em Rio Verde de Mato Grosso, a 207 quilômetros de Campo Grande, do proprietário Higino Hernandes.

De acordo com o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Francisco Maia, a meta é superar o valor arrecadado na edição do ano passado. “Em 2013 os bancos do Brasil e Bradesco fizeram a maior arrecadação já vista, com a liberação de créditos durante a feira. Isso e mais outros negócios realizados somaram o valor de 250 milhões que queremos superar neste ano”, informou.

Maia acredita que nesta edição a feira vai ser um sucesso, pelo fato do agronegócio viver um bom momento. Ele disse que o preço de arroba tem sido justo e não afeta o custo de produção, permitindo que o pecuarista invista mais.
Sobre a Lei do Silêncio que fez com que em outras edições fossem cancelados os shows da Expogrande, Maia afirmou ter se reunido com quase todos os secretários municipais para discutir o assunto e saber quais providências serão tomadas.

“O foco da feira são negócios e não shows musicais. Se houver algum problema quanto a isso, quem perde é a população que gosta de prestigiar as apresentações, e não a Acrissul. Por outro lado, defendemos os shows, pois aproximam o público da entidade”, destacou.

Neste ano, os organizadores querem garantir a fluidez no trânsito entorno do parque, colocar mais linhas de ônibus do transporte coletivo e fazer a segurança externa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions