A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/11/2015 23:40

Exposição mostra invenções de adolescentes produzidas com lixo eletrônico

Flávio Paes
Jovens criaram produtos inovadores a partir do lixo eletrônico (Foto:Divulgação)Jovens criaram produtos inovadores a partir do lixo eletrônico (Foto:Divulgação)

O Instituto Mirim de Campo Grande promove amanhã (27) a 3ª Feira do Empreendedor Mirim, que terá exposição de empresas e produtos desenvolvidos por mais de 600 adolescentes, com foco na tecnologia e sustentabilidade ambiental. O evento ocorrerá na Unidade Centro do instituto, a partir das 9 horas. Para entrar na feira, o visitante deve levar um brinquedo para a Campanha de Arrecadação do Natal 2015, promovida pelo FAC (Fundo de Apoio à Comunidade).

Os adolescentes prepararam 38 trabalhos, entre móveis e equipamentos. São produtos inovadores, feitos a partir de lixo eletrônico e móveis usados, que vão surpreender a todos. Para essa tarefa, os mirins contaram com apoio dos professores, mas com liberdade total para expor a sua criatividade e inovar. Serão premiados os três melhores trabalhos. Os prêmios serão revelados no ato da entrega.

Os mirins receberam noções de empreendedorismo para transformar uma ideia em um negócio de sucesso. Segundo a presidente do Instituto Mirim e primeira-dama de Campo Grande, Mirian Gonçalves, a terceira edição da feira foi pensada para envolver alunos e professores em um trabalho interdisciplinar, ou seja, reuniu todos os professores e habilidades desenvolvidas ao longo do ano em atividades desafiadoras.

Os jurados que avaliarão os trabalhos são o gestor de projetos da empresa Júnior Achievement, Gustavo Lourenço; o jornalista e presidente do Museu do Videogame Itinerante, Cleidson Lima e o técnico em Educação Ambiental da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Osmar Martins.

Produtos

Os mirins vão apresentar suas empresas e vender, simbolicamente, os produtos que criaram. Entre eles, há uma mini geladeira; um videogame com software livre, feito com peças de vários computadores e ainda uma treliça inteligente com três lugares, que tem som, wi-fi e carrega celular.

Foi desenvolvido ainda um mini liquidificador, totalmente feito pelos mirins, com um motorzinho que tem peças de leitor de CD e DVD e um copo de 500 ml. “A ideia dos alunos foi fazer um liquidificador portátil, que pode ser levado para a escola ou trabalho e a pessoa possa bater ali mesmo e tomar um suco fresquinho”, contou a professora que auxiliou a turma, Rosimeire da Gama, Darui.

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions