A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/01/2016 11:43

Família de mortas no Japão depende de documento para buscar crianças órfãs

Luana Rodrigues
Michelle Maruyama e Akemi Maruyama foram estranguladas e tiveram os corpos queimados. (Foto: Reprodução/ Facebook)Michelle Maruyama e Akemi Maruyama foram estranguladas e tiveram os corpos queimados. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Apesar de todo sofrimento da perda de duas filhas, Maria Aparecida Amarilha Scardin, precisa encontrar forças para buscar as duas netas que ficaram órfãs no Japão, após a morte da mãe Akemi Maruyama e da tia Michelle Maruyama. O pai das crianças, um peruano que não teve o nome revelado pela polícia local, foi preso, acusado de ter cometido crime.

A mãe das vítimas precisa de um documento do consulado japonês para conseguir o visto, que a autoriza ir até o Japão, buscar as duas meninas de 3 e 5 anos. " Estou tentando tirar um passaporte de emergência, e para isso preciso de uma declaração do consulado sobre o fato ocorrido. Por causa do feriado eu não sei nem se eles estão sabendo das mortes delas", explica.

Maria conta que as filhas tinham familiares no país, mas não sabe se as nestas estão sob os cuidados deles, ou se estão sob responsabilidade da polícia japonesa. "Elas tinham primas lá, mas não consegui confirmar com essas pessoas se elas estão com as meninas", diz.

O desejo da avó é conseguir os documentos o quanto antes, para trazer as duas crianças para o Brasil. "Preciso de ajuda da Justiça brasileira, do Poder Público, de quem for, porque elas são bebês, precisam de cuidados", suplica.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions