A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/09/2012 21:50

Mãe lê poemas de estudante morto em missa de sétimo dia

Nyelder Rodrigues e Nicholas Vasconcelos
Missa aconteceu na Igreja São João Bosco, e reuniu amigos e familiares das vítimas (Foto: Nicholas Vasconcelos)Missa aconteceu na Igreja São João Bosco, e reuniu amigos e familiares das vítimas (Foto: Nicholas Vasconcelos)

A missa de sétimo dia dos universitários Breno Luigi Silvestrini, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, de 19 anos, foi marcada por depoimentos emocionados de vários amigos e familiares das vítimas.

Ao lado do irmão de Leonardo, estava a mãe dele, Ângela Fernandes. “Agredeço por ter sido escolhida para ser mãe do Leonardo. Estou orgulhosa do meu filho”, contou.

Ela também leu poemas que Leonardo escrevia e uma carta dele para ela, redigida em fevereiro. Além disso, Ângela lembrou de quando o filho foi morar fora do país, e a saudade que sentia.

Já as irmãs de Breno, Ana e Paola Silvestrini, foram ao púlpito da igreja falar de quanto o irmão foi especial e cuidava delas, lembrando que nunca brigaram com ele e sempre foram amigos, sendo Breno um dos apoiadores em decisões difíceis. “Ele não faz mais parte desse mundo de maldade e agora vive em um mundo melhor”, comentaram.

Amigos de infância também lembraram dos bons momentos que passaram juntos, e de quanto a amizade deles era importante. Um dos amigos, inclusive, se encontrou com um deles no dia do crime. Dois dos músicos da banda que tocava no local estudaram com Breno e Leonardo, e no fim da cerimônia, falaram sobre o sentimento no momento e dedicaram uma música aos amigos.

Muitos jovens e amigos da família, vários deles ainda com uniformes escolares e camisas com fotos e nome das vítimas, compareceram à Igreja São João Bosco, local da missa, na rua Amazonas. Barracas foram montadas do lado de fora para comportar todos.

Dom Vitório Pavanello cobrou das autoridades a criação de uma cultura de paz, e pediu aos fiéis atenção sobre as posturas dos candidatos com relação às propostas de segurança e educaçãoDom Vitório Pavanello cobrou das autoridades a criação de uma cultura de paz, e pediu aos fiéis atenção sobre as posturas dos candidatos com relação às propostas de segurança e educação

O Arcebispo Emérito de Campo Grande, Dom Vitório Pavanello, foi quem celebrou a missa. Ele cobrou das autoridades a criação de uma cultura de paz, respeito, e também pediu aos fiéis atenção sobre as posturas dos candidatos com relação às propostas de segurança e educação.

Dom Vitório também falou sobre os pais aceitarem a vontade de Deus, e a importância do perdão. “As pessoas têm de cultivar o perdão, uma característica dos discípulos de Cristo”, disse.

Muitos choraram durante a missa, entre eles o diretor presidente do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) Carlos Henrique Santos Pereira, e o deputado estadual Felipe Orro. As famílias ficaram juntas durante toda a cerimônia, que também teve fotos de Breno e Leonardo mostradas em um telão.

Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Estava na missa,Dom Vitório não disse que foi da vontade de Deus, disse que Deus permite que o mal aconteça,pois desde o princípio deu ao o homem o livre arbítrio.O mal nasce no interior do homem,como diz o evangelho de Marcos 7,21-22.Que essa tragédia sirva como fonte inesgotável de força e incentivo a sociedade no combate a violência,e que as famílias possam confortar seus corações em N.Senhora.
 
Raquel Abdala em 07/09/2012 01:45:17
Isso tem que acabar, chega de violencia.....
A njustiça tem que ser feita
.....
 
Renata Alves em 06/09/2012 12:12:04
Sem palavras :/
Que Deus conforte o coração dessa familia.
 
Edison Alves em 06/09/2012 11:49:32
Sempre digo aos meus filhos e amigos: Somos de uma mesma especie e voltaremos ao inicio dessa especie.Não temos culpa, pois a terra é para todos desde o inicio foi assim:
O único inimigo do homem é ele próprio...desconhece ele mesmo...infelizmente...
 
Célia Campos em 06/09/2012 10:54:35
Imaginar a dor :impossível; perdoar, sei lá. Não os conheci, mas os considero como meus filhos também. A dor destes pais, amigos e familiares é imensuravel, mas com certeza os meninos já estão em um mundo melhor. Alias nosso mundo é excelente, é lindo, as pessoas, o sistema é que o estão destruindo. Peço a Deus que nos proteja e ampare esta e outras familias que viveram e estão vivendo este drama
 
João Hélio Wohlers em 06/09/2012 10:43:02
Quando Deus deixa acontecer essas barbaridades, é para conceder um bem maior ou evitar um mal maior às vítimas, neste mundo ou no outro. Cabe a nós rezarmos por isto.
Devemos, sim, perdoar aos que nos fazem mal, mas enquanto pessoas. Isto não exclui o dever de os criminosos repararem o dano cometido, nem nos tira o direito de cobrar a devida justiça.
Breno et Leonardo, requiéscat in pace.
 
Marcel Ozuna em 06/09/2012 10:21:09
Estou cansada de tanta violência! Que Deus conforte os corações das famílias desses meninos e que Deus nos proteja da maldade humana tbm!! Esses monstros tinham que apodrecer na cadeia mas todos nós sabemos que isso não vai acontecer... justiça aqui nesse país é coisa que não existe!!!!
 
Valéria Souza em 06/09/2012 09:47:36
Que Deus conforte o coração dessas famílias e dê muita força para todos continuarem a luta do dia-a-dia. Só Deus sabe o porquê das coisas que acontecem em nossas vidas. A dor é muito grande. Cada momento que eu lembro do que ocorreu com esses jovens eu oro e peço a Deus por eles e por suas famílias. Tenho filhos e com certeza o sofrimento que eles estão passando não tem como descrever.
 
Ivia Silva em 06/09/2012 09:46:23
Estou chocada, náo tiro esses meninos do meu pensamento, nunca os vi, mais sinto essa dor como se fossem minhas 2 filhas, que pais é esse, quanto sofrimento, nao sei ainda se sou a favor da pena de morte,acho que a morte não seria bom pra eles, mais eles merecem um bom castigo, amarrem eles no deserto com uma coleira no pé com um chum e coloquem para trabalhar, meus sentimentos a essas familias.
 
Eloir Afonso em 06/09/2012 09:21:57
Nossa só Deus nessas horas, o apoio da familias e amigos vai ser muito importe
 
Alan Almeida em 06/09/2012 09:18:40
Também não acredito que essa seja a vontade de Deus!Que fez tudo perfeito e harmonioso. Quem tem liberdade para fazer escolhas erradas são nós mesmos, pq ter filhos se não são educados, pq ? Frutos de uma sociedade desestruturada e egoísta.
Aos pais os meus sentimentos de mãe, sinto a dor de vocês e desejo que no mínimo seus desejos que nossa lei penal mude. E logo!!! Força no Senhor.
 
Sandra Dias em 06/09/2012 09:09:35
Perdão é para poucos. Não sei se conseguiria perdoar os crápulas que tiraram do convivio das familias entes tão preciosos. É pra pensar muito.
 
Lizeti Aparecida Zanineli em 06/09/2012 09:03:48
Para que o ser humano entenda o perdão e a vontade de Deus é necessário que as pessoas entenda o amor verdadeiro. O Amor de Deus enviando o seu filho para ser sacrificado por nós.Para melhor compreender isso, temos que analisar o comportamento de cada um aqui na terrena, alguns são marcados para deixar sua marca pessoal. Parece que foi o que aconteceu com esses jovens bons filhos(exemplo de vida).
 
Dilço Martins em 06/09/2012 08:58:29
Perdoar é uma tarefa que exige domínio sobre tendencias inferiores.Qto maior vc julga a ofensa mais dificil o perdoar.Sem perdão vc não em paz.E sem paz vc não tem alegria.Daí ser imperioso perdoar.
Começe a perdoar a partir do momento em que consegue reconhecer as qualidades do "ofensor".E lembre-se sempre que mais importante do que perdoar e não se sentir ofendido.
 
Luciana Silva em 06/09/2012 08:49:31
Meus sentimentos aos pais e a toda sociedade que esta indignada e comovida com tamanha crueldade.
Conversei com uma pessoa que esteva na celebracao. Gostaria de pedir a mae que publique o poema. Para que possamos, tambem, perceber o carinho do filho com a familia
 
Wander Lima em 06/09/2012 07:26:25
Nossa que lição essas familias estão dando!!!!!Só com Deus para entender o sofrimeno da perda,da ausencia.Com certeza pelo carater dos meninos, Deus os que lá perto dele.A nós que ainda estamos aqui vamos procurar sermos pessoas melhores cfe. tá escrito.
 
Rosa Marlene da Silva em 06/09/2012 03:40:52
Familia do Breno e Leonardo eu como sou mae e avó fico muito emocionada de tantas forças q vcs tem só pod vir de DEUS e dos MENINOS, eles devem estar muito feliz de ver vcs todos unidos lutando pelo bem das familias.Fica com Deus...
 
Maria Zanata Rezende em 06/09/2012 01:45:36
Vontade de Deus??? Esse crime cruel foi a vontade de Deus? Por favor... Deus quer sempre o melhor para seus filhos, nunca o mal. É um crime bárbaro e merece condenação com duras penas, já que no Brasil não temos - ainda - a pena de morte... pois esse tipo de criminoso não é humano.
 
ada oliver em 05/09/2012 11:54:06
Não consigo esquecer esses meninos, não os conheci, mas penso neles o dia inteiro, choro muito, não sei o que é isso, peço a Deus que amenize esse meu sofrimento, tenho 03 filhas adelecentes, fiquei chocada, estou com medo, as vezes a gente trabalha muito pra dar o melhor para os filhos e acontece umas coisas assim, tenho trauma de viver nesse país, e ainda por cima dar uma fatia do meu do sálario
 
ilma matos em 05/09/2012 11:40:13
foi emocinante!
 
Paula Lutero em 05/09/2012 11:25:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions