ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Família perseguiu assaltantes de carro antes de abordagem da PM e troca de tiros

Assaltantes levaram carro no Bairro Guanandi, mas foram abordados pela PM na BR-262 e mortos em troca de tiros

Por Dayene Paz e Antonio Bispo | 01/04/2024 11:09
Moradora conversando com a reportagem em frente a imóvel no Guanandi. (Foto: Marcos Maluf)
Moradora conversando com a reportagem em frente a imóvel no Guanandi. (Foto: Marcos Maluf)

A família que teve o carro roubado por dois homens armados na noite deste domingo (31), no Bairro Guanandi, em Campo Grande, chegou a perseguir os criminosos, mas eles conseguiram fugir. Contudo, a Polícia Militar encontrou a dupla na BR-262, caso que terminou em troca de tiros e morte dos dois suspeitos.

A moradora da casa conversou com o Campo Grande News na manhã desta segunda-feira (1º) e contou que a dona do carro era visita na casa dela. "Havíamos chegado da igreja e nossos amigos vieram juntos para pegar uma encomenda aqui em casa. Entrei, guardei meu carro na garagem e fiquei conversando com minha amiga na calçada", lembra.

O carro da amiga estava estacionado em frente ao imóvel, quando os dois suspeitos se aproximaram, ambos armados. "Colocaram um tipo de máscara, anunciaram o assalto apontando a arma e mandou a gente entregar a chave do carro", conta. O filho da dona do carro estava sentado no banco de trás. "Deixaram ela tirar a criança".

Logo que os criminosos saíram com o Volkswagebn Virtus, a família os perseguiu. "Tentamos ir atrás, mas perdemos de vista no Aero Rancho. Foi quando acionamos a polícia", discorre a moradora. "Cerca de 30 minutos depois, a PM ligou dizendo que havia encontrado o carro".

Apesar de aliviada pela recuperação do veículo, agora, a moradora diz estar assustada. "Nunca tinha acontecido algo parecido, estamos bastante assustados", diz. O carro, que não tinha danos consideráveis, foi levado para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos) e logo será devolvido à dona.

Entenda - O delegado que atendeu a ocorrência, Gabriel Desterro, explicou que as rondas começaram assim que a vítima comunicou a PM. "A vítima repassou a placa do veículo e a Força Tática passou a fazer rondas para localizar os suspeitos".

Na BR-262, saída para Sidrolândia, os policiais viram o veículo e houve perseguição, segundo o delegado. "Mas em determinado momento, o suspeito encostou o Virtus, de onde desembarcaram dois homens atirando", explica.

Os policiais, então, revidaram e acertaram os dois suspeitos. Eles foram socorridos pelos próprios militares e levados ao Hospital Regional, mas não resistiram e morreram. "Eles estavam com duas armas calibre 32, com munições deflagradas, mostrando que realmente atiraram contra a PM", disse o delegado.

Desterro ainda disse que um dos suspeitos, Cristiano de Souza, de 37 anos, era dado como desaparecido no sistema policial. Ele figura como autor de diversos crimes, em Campo Grande e no interior do Estado. O outro suspeito morto ainda não foi identificado.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias