ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Filha de vereador é presa por xingar e cuspir em policiais durante blitz

Evellyne Gomes de Oliveira, de 38 anos, foi detida por desacato, resistência e ameaça em abordagem policial

Por Gabriel Neris e Fernanda Palheta | 22/02/2020 09:51
Filha de vereador foi levada para a Depac Centro (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Filha de vereador foi levada para a Depac Centro (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Evellyne Gomes de Oliveira, de 38 anos, filha do vereador Valdir Gomes (PP), foi presa na madrugada deste sábado (22) por desacato, resistência e ameaça durante blitz realizada na Avenida Afonso Pena.

De acordo com o boletim de ocorrência, Evellyne estava como passageira de um Chevrolet Onix abordado às 3h30. A condutora passou por teste de bafômetro e nele foi constatado 0,08 miligrama de álcool.

Evellyne começou a questionar a abordagem e pediu que o veículo fosse liberado. O policial militar pediu que se acalmasse para explicar o procedimento de liberação do veículo. A mulher, então, mostrou o dedo médio direito, afirmou que o carro era dela e xingou os policiais: “vão se f...”.

Os policiais deram voz de prisão, determinaram que ela descesse do veículo, mas a mulher se recusou. A mulher foi algemada e ainda assim continuou com as ofensas e cuspiu no comandante da operação. Neste momento, a mulher afirmou ser filha do vereador Valdir Gomes e que “todos iriam se arrepender do que estavam fazendo”.

Encaminhada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) Centro, a mulher continuou agressiva, tentando chutar e morder os policiais. Após o registro policial, Evellyne assinou termo de responsabilidade e foi liberada. 

O Campo Grande News procurou o vereador Valdir Gomes, mas as ligações foram rejeitadas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário