A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/11/2012 10:25

Fim de ano terá 250 policiais para reforçar segurança no comércio

Paula Maciulevicius e Mariana Lopes
Anúncio foi feito pela PM junto com Associação Comercial e Industrial de Campo Grande. (Foto: Simão Nogueira)Anúncio foi feito pela PM junto com Associação Comercial e Industrial de Campo Grande. (Foto: Simão Nogueira)

A partir do dia 1º de dezembro, 250 policiais militares vão reforçar a segurança no Centro e nos bairros de maior movimento no comércio de Campo Grande. Este é o reforço na segurança para o esquema de fim de ano, quando as lojas abrem até mais tarde. O anúncio foi feito nesta terça-feira, pelo Comando Geral da Polícia Militar, na Associação Comercial e Industrial de Campo Grande.

O efetivo de policiais militares em Campo Grande hoje é de 2,2 mil. Destes, de 120 a 130 atuam na área central da Capital a cada turno de 12h. O plano de segurança vai reforçar a ação da PM com mais 150 militares por turno, policiamento que vai seguir até o início de janeiro.

Na reunião desta manhã, entre Comando Geral, Associação Comercial e Conselho Comunitário de Segurança do Centro, os representantes definem o número de policiais necessários e quais os pontos que precisam de maior atenção.

O policiamento não vai ficar apenas no Centro. “Para garantir segurança nos bairros, vai ter reforço de policiamento nos bairros que tem maior movimentação no comércio, como a região da Júlio de Castilhos, Nova Lima, Aero Rancho, Moreninhas”, esclareceu o comandante da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos.

O plano de segurança para o final do ano é realizado desde 2009 e, segundo o comandante, de lá para cá, a medida resultou em redução de 80% nos índices de furtos na região central.

O comandante do Comando de Policiamento Metropolitano, coronel Evaldo Iahn Mazuí, explicou que o policiamento vai permanecer até 1h30 após fechamento das lojas. “Para garantir também a segurança dos trabalhadores na hora de ir embora”, completou.

Os militares farão rondas pela região em dupla e além dos 250 policiais, outros 37 que fazem parte do Serviço de Inteligência da PM vão trabalhar para identificar pontos críticos.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Omar Aukar, falou que a parceria com a Polícia Militar é para garantia da segurança tanto dos consumidores quanto dos comerciantes.

A preocupação da Associação, reforçou o presidente, é porque a época está muito favorável para assaltos pela circulação de dinheiro e compras.

A Associação levantou que o mês de novembro já está mais movimentado do que novembro de 2011 e a expectativa é de dezembro ter ainda mais novimento. Omar Aukar ressaltou que a movimentação começa a partir do dia 10 de dezembro, mas o pico fica entre os dias 21 e 24.



Gostaria de dizer ao Rafael Santos que ele deve morar em outra cidade. A pm nunca esteve tão presente como agora. E ao contrário do que você diz ela tem um comandante admirável, responsável, lider...e que incentiva a tropa para vencer os desafios do dia a dia. Se você quer saber como é o comandante pergunte à sua tropa. Eu já tive essa resposta.
 
José Aparecido Ferreira Filho em 27/11/2012 15:11:28
Eu tambem acho que o policiamento tem que ser feito o ano inteiro, esse policiamento feito de duplas andando a pé, não gasta gazolina e nem precisa de viatura, mas dá muita segurança aos comerciantes, não entendo porque só no final do ano, sendo que os impostos são cobrados mensalmente, ou até diariamente...........
 
Silas de Souza Lima em 27/11/2012 14:46:15
O comando cancelou férias e licenças, isso ajuda a explicar o aumento de policiais.
 
Heverton Arguelho em 27/11/2012 11:59:59
A pergunta é: onde estão esses 250 policiais durante o ano todo? pq reforço só no final do ano? Por que nos demais meses do ano eles somem, quando vc liga para a polícia eles sempre dizem que não tem efetivo para atender, viaturas estragadas. Tá parecendo mesmo é falta de vontade política. Falta de gerenciamento. Muito policial parado em órgão público como segurança, muito policial em atividades administrativas. Lugar de policial é na rua atrás de bandido.
 
Rafael Santos em 27/11/2012 11:01:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions