ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  26    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Fiocruz e Saúde pesquisam como população de bairro se protege da covid

Moradores do Residencial Ana Maria do Couto participarão de uma pesquisa da Fiocruz com o Ministério da Saúde

Por Guilherme Correia | 19/10/2021 11:38
Equipes de vigilância estão passando por casas em Campo Grande para pesquisar medidas de proteção. (Foto: Fiocruz MS)
Equipes de vigilância estão passando por casas em Campo Grande para pesquisar medidas de proteção. (Foto: Fiocruz MS)

Nas manhãs de hoje e quarta-feira (20), equipes epidemiológicas farão uma pesquisa em casas na região da UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) da Ana Maria do Couto, em Campo Grande. O objetivo é verificar como a população local tem se protegido contra a covid. Essa unidade fica na Rua Mitsuo Daima, no bairro residencial homônimo.

O projeto é financiado pelo Ministério da Saúde e pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), e visa "levantar conhecimentos, atitudes e práticas da população sobre as medidas de prevenção da covid-19 no segundo ano da pandemia no Brasil”. A campanha ocorre em todas as capitais brasileiras.

Os 25 pesquisadores são todos trabalhadores do SUS (Sistema Único de Saúde) nos municípios de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã e Corumbá. Eles cursam uma especialização em epidemiologia de campo pela Fiocruz, em parceria com a SVS (Secretaria de Vigilância em Saúde) da pasta federal.

A previsão é de que os resultados sejam apresentados em evento no próximo sábado (23). Vale lembrar que os pesquisadores têm identificação com camisetas e crachás do projeto, e que devem usar máscaras de proteção facial.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário