ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 15º

Capital

“Fiquei embaixo da mesa”, conta morador sobre hora em que vento levou cobertura

Localizado na Tamandaré, imóvel tem pet shop no térreo e três apartamentos no piso superior

Por Aline dos Santos | 13/03/2021 15:39
Cobertura metálica foi levada pelo vento e foi parar na Avenida Tamandaré. (Foto: Henrique Kawaminami)
Cobertura metálica foi levada pelo vento e foi parar na Avenida Tamandaré. (Foto: Henrique Kawaminami)

A tarde de chuva forte foi de susto para Gabriel Lopes Ribeiro, 25 anos, que mora no imóvel em que a cobertura metálica foi levada pelo vento e caiu em parte da Avenida Tamandaré, no Jardim Seminário.

“Foi de uma hora para outra. Estávamos fazendo almoço e começamos a ouvir o barulho. Ficamos embaixo da mesa, com medo de cair alguma coisa nas nossas cabeças”, afirma o jovem, que há cinco anos mora no apartamento, junto com o irmão e cunhada.

 No local, há um salão comercial no térreo, onde funciona pet shop, e três apartamentos no piso superior.

Gabriel conta que a laje não caiu, mas água da chuva começou a entrar pelas lâmpadas. “Entrou muita água dentro de casa. Conseguimos retirar algumas coisas e os bombeiros interditaram”, diz o morador, que agora vai para a casa de parentes.

"Ficamos embaixo da mesa, com medo de cair alguma coisa nas nossas cabeças",conta Gabriel sobre susto. (Foto: Henrique Kawaminami)
"Ficamos embaixo da mesa, com medo de cair alguma coisa nas nossas cabeças",conta Gabriel sobre susto. (Foto: Henrique Kawaminami)

Principal ponto de estrago provocado pela chuva intensa na tarde deste sábado, a Avenida Tamandaré foi totalmente interditada devido à queda da cobertura do imóvel.

As marcas da rajada de vento no Jardim Seminário, saída para Rochedo, também aparecem em galhos quebrados, queda de muro e no poste de energia elétrica que dobrou ao meio.

De acordo com a Energisa, cerca de 3,8 mil clientes estão sem energia elétrica e equipes trabalham para restabelecer o fornecimento.

“A Energisa esclarece que a interrupção no fornecimento de energia ocorrida na tarde deste sábado (13/3) na Avenida Tamandaré, foi provocada pela queda da estrutura de metal sobre a rede de média tensão depois do forte temporal que atingiu a Capital”, informa  a empresa.

Muro caiu durante passagem de rajada de vento pelo Jardim Seminário. (Foto: Henrique Kawaminami)
Muro caiu durante passagem de rajada de vento pelo Jardim Seminário. (Foto: Henrique Kawaminami)

A estação do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), localizada na saída para Aquidauana, registrou rajada de vento de 48k/h na tarde deste sábado  e precipitação de 12,4milímetros em Campo Grande.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram registradas queda de árvores no Jardim Seminário, São Francisco, Monte Castelo e Vila Marli.

O tempo chuvoso veio acompanhado por queda de granizo. A Capital tem alerta até amanhã para o risco de chuva intensa.

Poste de energia elétrica "dobrou" com força do vento. (Foto: Henrique Kawaminami)
Poste de energia elétrica "dobrou" com força do vento. (Foto: Henrique Kawaminami)



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário