ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Flagrado no bafômetro, engenheiro é preso por oferecer R$ 500 a PMs

Os dois foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro

Por Kerolyn Araújo e Clayton Neves | 23/10/2019 07:23
Carro do engenheiro foi encaminhado ao Detran. (Foto: Henrique Kawaminami)
Carro do engenheiro foi encaminhado ao Detran. (Foto: Henrique Kawaminami)

Engenheiro de 66 anos e a namorada, advogada de 28, foram presos na madrugada desta quarta-feira (23) após oferecerem suborno e desacatarem policiais militares durante uma abordagem. O caso ocorreu no cruzamento da Avenida Afonso Pena com Rua Bahia, em Campo Grande.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o casal, que seguia em um Honda Civic, foi abordado por uma equipe do BPTran (Batalhão de Trânsito da Polícia Militar) e o motorista submetido ao teste do bafômetro. O resultado foi de 0,38 miligrama de álcool por litro de ar expelido dos pulmões, o que configura crime.

Ao receber voz de prisão, o motorista ofereceu R$ 500 aos policiais para que não fosse encaminhado à delegacia. Neste momento, a namorada do motorista começou a xingar os militares.

O casal foi colocado no banco traseiro da viatura, mas a mulher tentou abrir a porta para fugir. Ela foi algemada e encaminhada à delegacia no camburão.

Na delegacia, o motorista ficou nervoso e, durante o registro da ocorrência, novamente ofereceu dinheiro aos policiais, aumentando a oferta para R$ 1,2 mil. O engenheiro teve a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) recolhida e responderá por dirigir sob efeito de álcool e corrupção ativa. A advogada responderá por desacato e resistência

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário