ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 36º

Capital

Fogo para limpeza do solo rende multa de R$ 48,4 mil a arrendatário

A queimada, mesmo controlada, está proibida até novembro pelos governos federal e estadual

Por Lucia Morel | 29/07/2021 14:09



Área de 48,47 hectares no Assentamento Sucuri, na saída para Rochedo, em Campo Grande, foi incendiada pelo arrendatário para limpeza do solo e foi multado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em R$ 48,4 mil.

Conforme a corporação, a queimada em local de lavoura chegou por denúncia e ao chegar lá, ontem à tarde, a PMA ajudou na extinção do incêndio e confirmou o tamanho da área incendiada pelo uso de GPS e drone.

Tamanho da área foi identificada por drone pela PMA. (Foto: Diviulgação PMA)
Tamanho da área foi identificada por drone pela PMA. (Foto: Diviulgação PMA)

Lá, a polícia identificou funcionário do local que informou que controlava o fogo para que não invadisse outras propriedades, o que, de acordo com a PMA, corrobora com a tese de fogo para limpeza de solo.

O arrendatário, de 39 anos, que mora em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado em R$ 48.478,00. Por lei, até novembro deste ano, a queima, mesmo controlada, não está autorizada pelos órgãos ambientais devido ao Decreto Federal e uma Resolução do órgão ambiental estadual que impedem o ato.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário