A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/09/2011 18:34

“Foi um desespero horrível”, diz menina que foi atacada por dois cães pit bulls

Viviane Oliveira

A menina estava indo em direção ao comércio do pai com seus dois cachorros, quando foi atacada pelos cachorros

Maria Carolina levou 12 pontos na perna. (Foto: João Garrigó)Maria Carolina levou 12 pontos na perna. (Foto: João Garrigó)

"Foi um desespero horrível aquele cachorro grudado na minha perna", contou hoje Maria Carolina Samaniego Ferreira, 10 anos, que foi atacada por dois cães pit bulls no fim da tarde de ontem (21). Ela ia para a loja de materiais de construção do pai, na rua Sagarana no bairro Jardim Panamá, em Campo Grande.

Carolina já está em casa. Ela saiu ontem mesmo da Santa Casa e levou 12 pontos na perna direita. “Eu não gosto nem de olhar, de tão feio que ficou o machucado”, disse Carolina.

A menina conta que estava indo em direção ao comércio do pai com seus dois cachorros: um poodle e um cocker, o que teria chamado atenção dos cães maiores. Um deles, de cor branca, mordeu o cocker e o outro, marrom, a perna de Maria Carolina.

“Na hora que pegaram o meu cachorro, eu peguei o poodle no colo e comecei a gritar”. Ela conta que pegou a coleira do seu cachorro e começou a bater nos dois. “Quando eu virei as costas, um dos cachorros veio por trás, e grudou na minha perna”.

Sidney Ferreira, 47 anos, pai da menina, disse que foi horrível ver a filha gritando desesperada. “Umas 10 pessoas jogaram pedras, tijolos, mas o cachorro não largava a perna dela. Foi por Deus que ele soltou”.

De acordo com os moradores, os pit bulls são duas cadelas e ficam em uma construção de casa. Segundo eles, os cachorros saíram porque os pedreiros não fecharam o portão da forma correta. Um dos cães, o que mordeu Maria Caroline, ainda não foi localizado.

O dono da casa não quis falar com a imprensa. Ao ser questionado sobre o paradeiro do cachorro, ele disse que alguém deve ter machucado e por isso até agora não foi encontrado.

Não é a primeira vez - A comerciante Jaqueline Samaniego, 40 anos, tia de Maria, afirma que não é a primeira vez que esses cachorros escapam e ficam na rua. “A semana passada eu ia ser a vítima, mas por sorte eles se distraíram com outra coisa”, conta.

A mãe de Maria Carolina, a professora Tomasia Rosana, 53 anos, disse que os cães atacam quem passa perto. “Eles fogem e correm atrás”, afirma. Conforme ela, os cães estão na obra há aproximadamente seis meses e não são vacinados.

A garota tomou duas vacinas: uma antitetânica e anti-rábica. Segundo a mãe o médico pediu para observar a reação do cachorro e da menina durante 10 dias. “Agora o cachorro fugiu e o dono não sabe do paradeiro dele”, finaliza Tomasia.

Criança é atacada por cão da raça pit bull no bairro Zé Pereira
Menina foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para a Santa CasaUma criança foi atacada por um cão da raça pit bull por volta das 17 horas de...
Homem tem corpo queimado em acidente doméstico e morre na Santa Casa
Após dois dias internado, José Loureiro da Cruz, 49 anos, morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (15) na Santa Casa em decorrência de acidente d...


O cão só atacou pq haviam dois cachorros na rua, reação que é normal de qualquer outro animal! Moro na mesma rrua onde ocorreu o fato, e os cães são mansos.Um desse cães foi encontrado morto, com suspeita de envenenamento. Falar que o Pitbull é uma raça demoníaca foi demais não é? Vamos nos informar antes de criticar alguma coisa.
 
Douglas Vasques em 24/09/2011 08:04:01
descordo totalmente de uma lei que proibiria a criação da raça pitt bull,essa história que pitt bull é mau é agressivo isso é lenda ,vai da maneira que se cria o animal.
 
Rafael Furtado em 23/09/2011 12:23:28
Maria Laura, espero que não e espero que acontecimentos como esses não voltem a ocorrer nem contigo ou com qualquer outra pessoa. Não disse em meu comentário que o dono não deveria ser punido, que o cachorro deveria ser "perdoado", nem nada assim. Só estou dizendo que esse ataque TEM um motivo.

Sou um dos que acreditam que pit bull, bull terrier, american staffordshire bull terrier, rotweiller e outras raças desse tipo (cães de força extrema) devem ser criados apenas de forma controlada, por criadores RESPONSÁVEIS, e não em qualquer obra, empresa ou casa, jogado ao acaso, com aquela panela velha de comida e água suja. O cachorro merece um bom tratamento.

Eu tenho um cachorro muito forte (pastor belga de malinois) que fica solto da guia na hora de ir à praça. Ela tem um brinquedo para se distrair, tem água limpa e comida controlada. NUNCA esboçou ataque a ninguém que não fosse estranho. Tenho absoluta certeza que, se alguém tentar invadir minha casa, vai se arrepender. Mas também tenho certeza que, mesmo escapando para a rua, ela JAMAIS vai atacar alguém.

Outro fato que acabou influenciando nesse ataque, foi o fato de a menina estar com outros 2 animais em sua posse. Cães são territoriais e não aceitam que outros animais simplesmente "invadam" aquele território que já era dominado. Eu sou capaz de apostar que ao menos 1 dos animais que estavam com ela já latiram ou atiçaram esses pit bulls. Isso é do instinto do animal. Ele não está errado em fazer isso. Mas isso pode ser evitado. Só não podemos querer que uma menina de 10 anos saiba disso. Ela não tem obrigação de saber. Ela estava no direito dela de passear com os cães dela. Provavelmente (veja bem, não estou afirmando ou dando certeza), os pit bulls que a atacaram, tinham como foco esses cães. Ela, em um impulso ABSOLUTAMENTE NORMAL, deve ter puxado seus animais para longe dos outros. Com isso, o cachorro que a atacou se sentiu ameaçado ou intimidado pela menina e a atacou.

Briga de cachorro é normal (apesar de não ser difícil de evitar) e é possível controlar, seja com pit bull ou qualquer outra raça. Como disse em meu comentário, eu recebi treinamento para lidar com cachorros. Não tentei separar briga de cães mas, sei que se acontecer perto de mim, pelo menos terei uma noção do que pode ser feito. Ela não tinha.

Desejo, tanto quanto você, uma pronta recuperação à menina. Só quero que fique claro que os animais não a atacaram simplesmente por ser pit bull. Poderia ser até (como disse em meu comentário) um daschund, popularmente conhecido como "cofap". Se fosse essa raça, não seria feito todo esse estardalhaço. Obviamente que o ferimento ia ser de gravidade muito menor! Mas o preconceito existente sobre o pit bull, rotweiller, fila e outras tantas raças é muito grande para o animal ser tratado apenas como um cachorro.

Sucesso em sua vida.

Fernando
 
Fernando Dias em 23/09/2011 12:11:00
kkkkkkk!! sacrificar os caes, raça demoniaca,proibiçao de pitbulls,pelo amor de Deus onde vcs estao, na china, tem que sacrificar os donos, que criam os animais de modo que fiquem agressivos, se vcs nao sabem os caes mais ferozes sao os poodles que vcs poem dentro de suas casas, mais tudo bem nesse caso ai foi negligencia do dono, nao há culpa dos caes e nem da raça!!!
 
Elison Borges em 23/09/2011 12:08:57
o seu FERNANDO DIAS tomara que vc seja atacado por um pitbull vamos ver se vc vai continuar com a mesma opnião.
 
Maria Laura em 23/09/2011 11:34:09
Por equívocos e clamor público, o Pit Bull foi banido em alguns países como o Canadá. Na Inglaterra sua criação é autorizada apenas pela justiça. Nos Estados Unidos, baniram a criação em vários estados com muitos outros empregando pesadas restrições na posse do animal. No Brasil, não há legislação específica, porém a cada fatalidade reportada na mídia, na massacrante parte das vezes de forma completamente errônea (como intitular cães sem raça definida, vulgo vira-latas, como exemplares da raça APBT), inflama o debate na sociedade por leis mais rígidas e punição aos donos.

 
Ezio José em 23/09/2011 11:09:35
Leandro Parana me desculpe ! a MORDIDA levou 12 pontos, e se fosse sua filha ou irmã,e o desespero dessa criança?não é sensacionalismo ´´e concientização para quem tem esse tipo de cachorro,deve prende-los muito bem, poderia ter atacado até os pedreiros,são de guarda ,não são? e outra éla estava indo ao encontro do pai quando foi atacada.não deve ser longe ja que estava levando seus cãosinhos.
 
Dalzira Pareira em 23/09/2011 10:59:29
Sr. Leandro vc fala assim porque não foi sua filha, se fosse minha filha esses monstros ja tinham virado adubo, se bem que não sei se prestam pra adubo, depois esperaria o dono vir falar comigo
 
Nilson André em 23/09/2011 10:54:42
Meus amigos, o temperamento do animal está diretamente relacionado com os cuidados e como o seu dono o cria!!! Tenho uma cadela pitbull com 8 anos, extremamente dócil e brincalhona, adora crianças, nunca recebeu uma coleira no pescoço, nem precisou ser agredida por qualquer motivo! Está sempre bem alimentada e recebe atenção e carinho!Tratando qualquer cão desta forma ele não vai ser agressivo!
 
JOAO PAULO em 23/09/2011 10:40:44
Olha concordo com quase todos vcs o pit bull e uma raça perigosa, como todos os outros caes um pinter, ele tbm e agressivo mas isso vai da criação se vc bate em um cachorro desse e deixa ele com fome concerteza ele vai atacar mesmo sem do nem piedade...Essa menina se arriscou pra salvar seus caezinhus parabens mas cuidado a proxima vez viu Ana, pois vc teve sorte deles te soltarem melhoras.
 
Daiane Esquian em 23/09/2011 09:54:23
até agora não há informação de como está o cãozinho cooker da menina.Os donos do pitbul devem pagar o médico e o tratamento da menina e também veterinario para cuidar do cooker,com certeza ele é cãozinho de estimação da garotinha, se não pode sair com cachorrinhos na rua porque pitbul pode,a culpa é dos pedreiros?que paguem .se fosse minha filha, não sobrava um desses cachorros.
 
daniell louzanne em 23/09/2011 09:45:25
Só a critério de informação, a raça que mais ataca as pessoas é o "cofap" (daschund). A diferença é o tamanho do ferimento.. Gente, o cachorro é um ser irracional e reflexo do dono. Tenho amigos com pit bull que parecem crianças. Adoram brincar, querem carinho o tempo todo! Pit bull nem deveria ser cão de guarda. Ele não tem esse instinto. Já fiz treinamento e sei que TODO cachorro pode ser dócil.
 
Fernando Dias em 23/09/2011 09:30:50
Este tipo de cachorro deveria ter sua raça extinta. Eu gosto de cães, tanto que tenho 2. Mas o pitt bull é uma aberração, me desculpe os que acham o contrario, é que não vejo outra raça de cachorro atacando gente por ai. ou então que se faça um treinamento especial para os DONOS destes animais que devem ter um tratamento "diferenciado" pois são muito agressivos. (os donos e os cães).
 
Jose Batista em 23/09/2011 09:19:16
foi apenas uma mordida, creio que já esta havendo um certo sensacionalismo da parte imprensa pelo fato de ser da raça Pit bull, se fosse um pastor alemão ou um bull terrier garanto que não haveria um alarde destes!
 
Leandro Paraná em 23/09/2011 08:21:50
no dia que as pessoas comesarem a mator os donos de deste animais....ai alguem vai tomar providencia....
 
joao de souza em 23/09/2011 07:51:43
O cão Doberman também é muito , quando ele ataca é para matar.
Não sei o porque das pessoas criar estas feras, existem cães de guarda bons,sem serem perigosos.
Tem que se tomar providencia mesmo,com urgencia, porque já vi vários destes soltas na Av.Bandeirantes, na altura do Supermercado Cooper.
Vamos ver se alguem toma as providencias.
 
Maria Helena em 23/09/2011 07:44:44
Registre B.O na polícia. O dono dos cães respondem pela omissão de cautela na guarda adequada dos animais. Há possibilidades, inclusive, de se conseguir na justiça danos materiais e morais, para pagar as despesas hospitalares (tratamento) e pelo constrangimento, respectivamente.
 
Fábio Almeida em 22/09/2011 11:59:46
Sr. Sandro quem é iracional o cão ou o dono?
O animal é o reflexo do dono, torna-se agressivo dependendo do meio em que foi criado. Até um poodle pode atacar uma pessoa, se for criado em meio turbulento.
O dono, é responsável pela guarda e tratamento do seu cão. Portanto, deverá ser responsabilizado por incidentes como o ocorrido.
Conheço vários Pit bulls de 1 a 10 anos, que não ataca nem barata
 
juan charlymoon em 22/09/2011 09:50:46
nobres deputados,pq nao criar uma lei proibindo a criaçao dessa raça demoniaca!!....em muitos outros estados e municipios e proibido esse tipo de animal feros e descontrolado....puniçao severa aos q criam esse tipo de fera!! o ser humano acima de tudo.
 
sandro ives em 22/09/2011 09:00:00
deveria ser mais severa a puniçao a donos desses tipos de caes (pitt bull),alias deveria ter uma lei estadual q proibisse a criaçao dessa raça,e tbem a castraçao dos q existem....
 
juliana ramiro em 22/09/2011 08:55:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions