A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/12/2010 16:25

Funcionários do Shopping são obrigados a estacionar em local provisório

Jorge Almoas e Danúbia Burema

Novo "estacionamento" foi montado atrás da antiga sede do Garras

Quem trabalha no Shopping, foi obrigado a estacionar distante do local de trabalho (Foto: João Garrigó)Quem trabalha no Shopping, foi obrigado a estacionar distante do local de trabalho (Foto: João Garrigó)

A promessa de maior volume de vendas neste final de ano, acompanhado pelo acréscimo de pessoas em circulação pelo Shopping Campo Grande, levou à administração do centro comercial a improvisar um estacionamento para quem trabalha no local.

Com a desapropriação do prédio onde funcionava o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros), os lojistas e funcionários foram direcionados a estacionar os carros na área atrás da antiga delegacia.

Com espaço para 400 vagas, cerca de 800 funcionários do Shopping precisam disputar um lugar para seu veículo. “Ficou péssimo”, limitou-se a dizer um funcionário que estacionava na área quando o Campo Grande News esteve no local.

Outra funcionária de uma loja, que pediu para ter a identidade preservada, conta que já havia pago os R$ 35,00 cobrados dos mensalistas do estacionamento do Shopping Campo Grande. “Paguei para estacionar dentro do Shopping, não naquele lugar”, reclama a trabalhadora, de 30 anos.

Ela acrescenta que deixa o trabalho próximo da meia-noite e que neste horário a saída pelo supermercado Carrefour já está fechada, forçando-a a dar uma volta pela Afonso Pena até chegar ao novo estacionamento.

Carros são deixados em área gramada atrás da sede do Garras (Foto: João Garrigó)Carros são deixados em área gramada atrás da sede do Garras (Foto: João Garrigó)

Mais conforto

A assessoria de imprensa do Shopping Campo Grande informou que a intenção ao propor o estacionamento na área que pertencia ao Garras foi criar mais vagas para os clientes.

Com as obras de contenção de enchentes em parte do estacionamento, vários locais para carros foram interditados, transformando o ato de estacionar em uma “caça ao tesouro”, no caso, pela vaga.

Ainda de acordo com a assessoria, o projeto de ampliação do Shopping Campo Grande – que forçou a transferência do Garras – está em fase de adaptação.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


Eu achei excelente! O Shopping priorizou o cliente e isto é muito bom! Eu que sou de fora sei que em geral o campograndense adora reclamar de tudo... e ao invés disto o dono de loja poderia passar a pensar que este 'grande esforço' de disponibilizar a vaga 'na porta do shopping' é válido para quem pensa no cliente, quem quer vender mais, e quer receber mais.
Fui ao shopping este final de semana e, apesar de o shopping cheio encontrei vagas. Maravilha!!!
 
Edgar Ludival em 07/12/2010 02:49:03
Interdição, esta palavra é a que mais combina com Campo Grande nos últimos tempos, principalmente com as obras (Novelas Mexicanas) do prefeito Nelson Trad, que o diga quem transita pelas Avenidas Duque de Caxias, Ernesto Geisel, Mato Grosso, Ceará..etc..e aproveitando prá dizer que o asfalto da cidade, é uma maravilha, hája paciência da população!!!
 
Luiz Carlos Ovelar Filho em 06/12/2010 08:15:53
E a segurança dos fuincionários, na saida, que tem que andar bastante até chegar nos carros.?
 
Milton Silva em 06/12/2010 06:12:56
Ainda bem que vem ai um novo "grande" shopping. Somente com concorrência eles dão o respeito devido aos consumidores.
 
Diego Areco em 06/12/2010 05:29:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions