A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/03/2015 21:43

Fundect renova parceria para Agroescola até 2018

Daniel Machado
O convênio entre as instituições parceiras foi firmado nesta quarta-feira (11), na abertura da Dinapec, (Foto: Divulgação) O convênio entre as instituições parceiras foi firmado nesta quarta-feira (11), na abertura da Dinapec, (Foto: Divulgação)

A Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado) reafirmou parceria até 2018 para a continuidade do programa Agroescola, de formação profissionalizante em nível médio em gado de corte.

O convênio entre as quatro instituições parceiras foi firmado nesta quarta-feira (11), na abertura da Dinapec, Dinâmica Agropecuária, realizada pela Embrapa Gado de Corte até o dia 13 deste mês.

O termo de Transferência de Tecnologia foi assinado pela diretora Científica da Fundect, Marilda Bruno, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, a reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Célia Maria Oliveira, e o diretor-executivo da Embrapa Gado de Corte, Ladislau Martin Neto.

Marilda Bruno explicou que trata-se de um projeto de transferência de conhecimento de alta tecnologia para atuação na atividade produtiva da agropecuária sul-mato-grossense. “Trata-se de um curso de excelência para a formação e profissionalização de jovens que já cursaram o ensino médio”, ressaltou a diretora científica da Fundect.

Durante o evento houve a formatura simbólica da terceira turma de alunos formados pelo programa em 2014, um total de 11 estudantes. O curso, com duração de um ano, é ministrado pela Embrapa.

Agroescola - O Programa de Transferência de Tecnologia e Capacitação em Pecuária de Corte, Agroescola, forma alunos que tenham concluído curso técnico profissionalizante em agropecuária em escolas públicas, municipal ou estadual, privadas, institutos federais e fundações sediadas em Mato Grosso do Sul.

O projeto visa à formação de multiplicadores de tecnologia em pecuária de corte oferecendo bolsas de estudos a estudantes que tenham concluído curso técnico profissionalizante em agropecuária em escolas públicas, municipal ou estadual, privadas, Instituto Federal (IFMS) e fundações sediadas em Mato Grosso do Sul.

As bolsas de estudo são financiadas pela Fundect e têm valor mensal de R$ 550,00 para gastos com alimentação, transporte, seguro e outras despesas necessárias. Para a realização do programa nos próximos três anos, a Fundect vai investir cerca de R$ 6 milhões. A Fundação disponibiliza 30 bolsas por ano.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions