A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/06/2015 23:31

Gestantes e crianças continuaram com vacina contra gripe na Capital

Lúcio Borges
Gestantes e crianças continuaram com vacina contra gripe na Capital

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) atingiu, nesta semana, a meta geral de vacinação, de vacinar pelo menos 80% da população de risco. No entanto, os grupos de grávidas e crianças de seis meses a menores de cinco anos ainda continuam com cobertura abaixo do esperado. Para melhorar essa estatística, a Secretaria irá continuar com a vacinação para estes grupos priorizados até que as doses sejam esgotadas.

No total geral, a campanha atingiu 81% (151.516) das 185.592 pessoas consideradas como prioridade pelo Ministério da Saúde. Dos grupos de risco, a cobertura entre gestantes (57%) e crianças (65%) ainda não atingiram a meta. “Os grupos de risco existem, pois essa população apresenta maior vulnerabilidade e facilidade em desenvolver agravos de saúde. A nossa preocupação é, principalmente entre gestantes e crianças, que também são bastante vulneráveis às complicações causadas pela gripe influenza, e que são os grupos que menos procuraram a vacina”, explica a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Luciana Miziara.

A Campanha segue em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de segunda à sexta-feira, e aos finais de semana na UBS Coronel Antonino e nos CRSs (Centros Regionais de Saúde) Nova Bahia, Guanandi, Aero Rancho e Coophavila, sempre das 7h às 11h e das 13h às 17h.

A campanha de vacinação contra a gripe abrangia crianças de seis meses a menos de cinco anos de idade, pessoas com doenças crônicas, trabalhadores de saúde, população indígena e carcerária, gestantes, puérperas, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde e funcionários dos estabelecimentos prisionais. 

Vírus Influenza em Campo Grande

Em 2014, foram 387 casos notificados da Gripe Influenza, sendo que desses 43 confirmados de H1N1 e 27 H3N2. Desses casos, 20 pacientes foram a óbito. Já em 2015, de janeiro até agora, foram 122 notificações, com confirmação de um caso de H1N1; dez H3N2, e desses dois foram a óbito no dia 12 de junho; e dois casos de Influenza B. As notificações aumentam com a chegada do inverno.

Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...
Homem tem corpo queimado em acidente doméstico e morre na Santa Casa
Após dois dias internado, José Loureiro da Cruz, 49 anos, morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (15) na Santa Casa em decorrência de acidente d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions