ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Golpista do Minha Casa, Minha Vida vai pagar um salário para vítimas

Por Ricardo Campos Jr. | 01/06/2015 15:17

Acusado de se passar por corretor do programa Minha Casa Minha Vida e cobrar para facilitar financiamento de imóveis, Emerson Conde de Andrade foi condenado a pagar um salário mínimo para as vítimas do estelionato. A decisão foi tomada pelo juiz Roberto Ferreira Filho no dia 27 de maio, mas só foi divulgada pelo órgão nesta segunda-feira (1º).

Conforme os autos, o réu foi denunciado pelo MPE (Ministério Público Estadual) por lesionar economicamente duas mulheres. Em cada caso ele conseguiu R$ 380 com o golpe.

Alfio Leão, advogado de Andrade, sustentou que o acusado está ressarcindo as vítimas e alegou que não houve intenção em prejudicá-las. Também afirma que não se configura fraude na ação, mas uma negociação entre as partes.

Inicialmente, o magistrado o condenou a sete meses de prisão mais cinco dias-multa, mas como a pena é muito curta, optou em substituir a decisão restritiva de liberdade pela indenização material. Leão afirma que não pretende recorrer da decisão.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário