A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/03/2014 11:14

Governador recebe 39 médicos no HR e assina convênio com 4 universidades

Graziela Rezende e Leonardo Rocha
Convênio irá transformar o Hospital em referência no estudo de residentes. Foto: Marcos ErmínioConvênio irá transformar o Hospital em referência no estudo de residentes. Foto: Marcos Ermínio

O Hospital Regional, em Campo Grande, recebeu mais 53 profissionais na manhã desta quinta-feira (6), em um evento que contou com a participação do governador André Puccinelli (PMDB). São 39 médicos residentes e 14 profissionais de outras áreas da saúde, como nutrição, serviço social, enfermagem, análises clínicas, farmácia e fonoaudiologia.

Atualmente o local já conta com mais de 200 residentes que recebem qualificação profissional e experiência para o dia-a-dia. Além da recepção aos novos profissionais, o governador ainda assinou um convênio com instituições de Ensino Superiores, para cooperação profissional. Entre eles a Uniderp/Anhanguera, Estácio de Sá, Unigran, UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Instituto Paulo Freire e Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

Diretora de ensino do HR, Magali da Silva Sanches Machado falou que este convênio concede a unidade o título de “Hospital de Ensino”, com mais de 11 programas de residências. “É um dos poucos hospitais no Brasil, que ensina durante o serviço, aprendem na prática. São pessoas que posteriormente vão trabalhar na rede municipal e estadual de saúde, então estamos contribuindo na formação de bons profissionais para todas as regiões do Estado”, avalia a diretora.

Já Dagmar Tavares de Queiroz, representante da Faculdade Estácio de Sá, diz que o convênio permite que os acadêmicos tenham condições de aprender, já exercendo a profissão. “Estes profissionais também contribuem com o centro de pesquisa do Hospital Regional. Nós ficamos felizes, pois este projeto abre oportunidades para os dois lados”, diz Queiroz.

Sobre a cooperação, André Puccinelli fala que é algo recíproco. “Estamos recebendo 39 médicos e outros 14 profissionais. Isso nos enche de orgulho e quem ganha com isso é a sociedade. Só espero que todos os recursos voltados para a saúde sejam investidos de forma correta, pois é muito difícil trazê-lo”, comenta o governador.

Presente – Durante o discurso, o governador relembrou que a filha, na época do governo do Zeca do PT, passou em 1° lugar no concurso. “Fiquei muito orgulhoso dela, porém quando assumi o governo, pedi a ela para sair. Já estou no final do meu mandato e sempre dou conselhos, porque sempre temos que aprender, nunca sabemos de tudo”, finaliza.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions