ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Governo anuncia licitação de mais R$ 60 milhões para segurança pública

Por Paulo Nonato de Souza e Leonardo Rocha | 20/12/2016 10:28
O secretário estadual de Segurança Pública, José Carlos Barbosa, no evento de entrega de equipamentos nesta manhã na praça Ary Coelho (Foto: Leonardo Rocha)
O secretário estadual de Segurança Pública, José Carlos Barbosa, no evento de entrega de equipamentos nesta manhã na praça Ary Coelho (Foto: Leonardo Rocha)

A crise econômica que o País vem enfrentando não tem inibido os investimentos do governo de Mato Grosso do Sul na área da segurança pública, disse há pouco o secretário estadual de Segurança, José Carlos Barbosa.

“Está em processo de licitação para 2017 o investimento de mais de R$ 60 milhões, previstos no programa MS Mais Seguro, para melhorar tanto as condições de trabalho dos nossos policiais, como a estrutura dos órgãos de segurança em todo o Estado”, anunciou o secretário, pouco antes da solenidade de entrega de novos equipamentos para a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, esta manhã na Praça Ary Coelho.

Hoje está acontecendo a terceira etapa do programa MS Mais Seguro com a entrega de 45 viaturas e três mil coletes para a Polícia Militar, 60 armas para a Polícia Civil e 15 unidades de resgate e 22 veículos de auto-salvamento para o Corpo de Bombeiros. Das 45 viaturas destinadas à PM, 17 são aquisições do Ministério da Justiça em contrapartida ao fato de Mato Grosso do Sul ter cedido policiais para a segurança nos Jogos Olímpicos do Rio.

Só nesta terceira etapa de entrega de equipamentos, segundo José Carlos Barbosa, o investimento é de R$ 14,1 milhões. No total já foram investidos R$ 32,1 milhões, somando os R$ 6,8 milhões da primeira etapa e os R$ 11,1 milhões da segunda.

“Já estamos planejando a quarta etapa do programa MS Mais Seguro para 2017 e ao todo iremos investir R$ 109 milhões”, revelou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), também presente ao evento na praça Ary Coelho. “Vários estados estão com dificuldades para pagar os salários, mas aqui em Mato Grosso do Sul, além das contas estarem em dia, também existe investimento em setores importantes como a segurança”, ressaltou.

Nos siga no Google Notícias