ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  24    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Governo Federal estuda privatização de três rodovias no Estado

Por Wendell Reis | 25/02/2012 12:17

A presidenta da República, Dilma Rousseff (PT), autorizou o ministério dos transportes a estudar a possibilidade de conceder para a iniciativa privada a administração de 9 mil quilômetros de rodovias federais.

Ao comentar a possibilidade, o ministro Paulo Sérgio Passos revelou que três trechos de estradas em Mato Grosso do Sul - BR-163, BR-262 e BR-267 - podem vir a ser administradas pela iniciativa privada.

Apesar de realizar estudos, o Governo Federal pondera que somente uma pequena fatia destas estradas deve se transformar em concessões puras, que são os casos onde a cobrança de pedágio banca os investimentos. Nos demais trechos, o Governo avalia que não seria possível, já que o valor do pedágio teria que ser muito alto. Para resolver este impasse, o Governo deve optar por repasses anuais para completar o valor cobrado pelos pedágios.

Sem comando - A cúpula do Dnit foi punida com demissão em processo administrativo disciplinar no dia 2 de janeiro. Na ocasião, foram demitidos o superintendente, Marcelo Miranda, o chefe do Serviço de Engenharia, Guilherme Alcântara de Carvalho, e Carlos Roberto Milhorim, chefe do Dnit em Dourados.

O Dnit está sob o comando interino do engenheiro Antônio Carlos Nogueira desde a demissão de Marcelo Miranda, no início de janeiro. Porém, quando assumiu, Nogueira suspendeu oito licitações do órgão.

Com informações do Valor Econômico.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário