A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/05/2015 11:43

Greve está mantida na segunda, mas prefeitura promete fazer nova proposta

Prefeitura espera que pelos menos 50% das escolas devem aderir a greve no 1º dia

Mariana Rodrigues
O presidente da ACP-MS, Geraldo Gonçalves, disse que lamenta a greve dos professores. (Foto: Fernando Antunes)O presidente da ACP-MS, Geraldo Gonçalves, disse que lamenta a greve dos professores. (Foto: Fernando Antunes)

A prefeitura Municipal de Campo Grande espera que ao menos 50% das escolas devem aderir à greve prevista para começar na próxima segunda-feira (25). O secretário municipal de Administração, Wilson do Prado, disse que os professores sinalizaram há cerca de uma semana que vão parar, caso não recebam nenhuma proposta por parte da prefeitura.

Segundo Prado, os professores disseram que vão se reunir a qualquer momento com a prefeitura, desde que haja uma proposta para apresentar para a categoria. O secretário informou que está prevista uma reunião na segunda-feira, onde uma proposta poderá ser apresentada, porém ele não quis adiantar o assunto. "Estamos estudando, vendo os números, antes de adiantar qualquer coisa".

O secretário afirmou que os professores haviam notificado a prefeitura há cerca de dez dias sobre a greve, e mostraram interesse em se reunir com o poder público. "Não nos reunimos antes, pois não tínhamos uma proposta para apresentar".

Os professores exigem reajuste de 13,01%, que é o repasse do aumento no piso nacional da educação em janeiro deste ano. A greve pode deixar 101 mil estudantes sem aulas na rede municipal a partir de segunda-feira.

A diretoria da ACP-MS (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação), se reuniu hoje (23), para tratar da greve dos professores da rede municipal de ensino. De acordo com o presidente Geraldo Gonçalves, eles também estão cobrando esses reajuste e esperam ser atendidos. 

Na segunda-feira às 8 horas, uma assembleia será realizada na ACP, junto com os professores municipais, onde será discutida quais as medidas que eles irão tomar ao longo da semana. "O Sindicato lamenta esse momento, os professores gostam de estar na escola e não fazendo grave", comentou

Rede Estadual - Os professores da rede estadual de ensino também decidiram entrar em greve, a partir de quarta-feira (27), em todo o estado, a categoria irá entrar em greve, até que o governo estadual apresente uma proposta que os professores considerem importante.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions