A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/11/2014 17:24

Grupo de artistas diz que prisão será questionada e discutida

Luciana Brazil
Artistas foram colocados em uma cela na delegacia. (Foto: Alcides Neto)Artistas foram colocados em uma cela na delegacia. (Foto: Alcides Neto)

Depois da prisão de quatro artistas do "IPÊformático", durante uma intervenção artística na manhã de hoje (15), na área central de Campo Grande, o grupo divulgou uma nota de pesar sobre o ocorrido, lamentando que o ato tenha sido interpretado como vandalismo.

Os artistas foram detidos pela Guarda Municipal no prédio da antiga rodoviária, enquanto pintavam as escadas do local. Segundo os policiais, eles não tinham autorização para a pintura do espaço público.

Em nota, o grupo afirmou que sofreu uma série de constrangimentos desde o momento da abordagem até a chegada à delegacia. Depois de serem levados em um camburão, os artistas ainda foram mantidos por horas dentro de uma cela. Os envolvidos foram autuados por crime de pichação. 

Eles afirmam que o ocorrido, pela segunda vez na semana (na quarta-feira outros integrantes foram abordados no Fóruma da cidade durante intervenção da mesma programação), é motivo para novas discussões e questionamentos. "Essa experiência agora é um ponto de partida para a discussão sobre as questões públicas, sociais, legais e a arte pública, a intervenção urbana, a performance. Seguimos questionando e nos inquietando", diz a nota.

Em outro trecho, os artistas falam sobre o local marginalizado em que se transformou a antiga rodoviária.

"A ação performativa teve início na Praça das índias e seguiu até à antiga rodoviária, um local, embora no centro da cidade, marginalizado. No encerramento, os performers, em uma ação poética, pintou (com tinta cal diluída com xadrez vermelho) palavras, frases, desenhos. A pintura foi feita numa escada abandonada e não mais utilizada na lateral do prédio. Vale registrar que de tão abandonada, a escada cheirava mal de urina e fezes".

Segundo o grupo, a polícia emitiu comentários ofensivos como: "Isso não é arte"; "Isso é pichação"; "Arte não é isso"; "É até bonito o que vocês fizeram, mas é pichação".

Por fim, os artistas tiveram que assinar um termo de compromisso, acusados de pichação e terão que responder pelo crime posteriormente. Todo o material usado na ação ficou apreendido na delegacia.

"A equipe do IPêrformático agradece aos amigos e os três advogados que compareceram, orientando e dando força", termina a nota.  

Material ficou apreendido na delegacia. (Foto: Alcides Neto)Material ficou apreendido na delegacia. (Foto: Alcides Neto)
Grupo emite nota lamentando o ocorrido. (Foto: Alcides Neto)Grupo emite nota lamentando o ocorrido. (Foto: Alcides Neto)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions