A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

21/06/2018 11:01

Grupo em Veloster já tinha roubado mais dois comércios na região central

A polícia encontrou duas armas na casa dos envolvidos no crime

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Os dois rapazes que foram presos no Coophatrabalho (Foto: divulgação/PM)Os dois rapazes que foram presos no Coophatrabalho (Foto: divulgação/PM)

Os três homens com idades entre 22 a 30 anos que foram presos após roubar uma conveniência na Avenida Tamandaré, utilizando um Hyundai Veloster, já tinham assaltado mais dois comércios na região central de Campo Grande. O nome deles ainda não foi divulgado pela polícia, assim como detalhes dos outros crimes.

Os 3 só confirmaram que os assaltos ocorreram em comércios da Orla Morena e na Rua 13 de Maio, sempre agindo da mesma forma. Enquanto o dono do carro de 22 anos aguardava dentro do veículo, os comparsas armados com revólver calibre 22 e um 38 invadiam os estabelecimentos.

O último roubo ocorreu na manhã de ontem (20), na conveniência da Tamandaré. A vítima de 40 anos contou que estava reabastecendo o freezer da conveniência, por volta das 9h, quando os três homens chegaram no Veloster. Dois deles desceram e, armados anunciaram o assalto dizendo: “É o seguinte. É um assalto, passa o celular e o dinheiro”.

Veloster usado durante os assaltos (Foto: divulgação/PM)Veloster usado durante os assaltos (Foto: divulgação/PM)
Revólveres apreendidos com dois dos três criminosos (Foto: divulgação/PM)Revólveres apreendidos com dois dos três criminosos (Foto: divulgação/PM)

Após o crime, o grupo fugiu levando um aparelho celular e o dinheiro do caixa. Câmeras de segurança de comércios vizinhos filmaram toda a ação. As imagens foram entregues à polícia, que conseguiu chegar até o dono do veículo, no Bairro Central Park.

Ele contou que havia ido ao local para comprar bebidas e ficou assustado quando os amigos voltaram afirmando que tinham acabado de assaltar a conveniência. Versão que não convenceu a Polícia. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Na sequência, os outros dois foram presos no Bairro Coophatrabalho. Eles confessaram o crime e mostram os esconderijos das armas, sendo dois revólveres calibre 22 e 38. O carro foi apreendido e levado para a Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions