A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/03/2013 22:33

Grupo fará abaixo-assinado a favor da Câmara na antiga rodoviária

Nyelder Rodrigues e Nícholas Vasconcelos
Moradores, comerciantes e vereadores participaram do encontro nesta noite, no corredor central da antiga rodoviária (Foto: João Garrigó)Moradores, comerciantes e vereadores participaram do encontro nesta noite, no corredor central da antiga rodoviária (Foto: João Garrigó)

Comerciantes do prédio da antiga rodoviária, moradores da região e os vereadores Luiza Ribeiro (PPS) e Derly dos Reis de Oliveira, o Cazuza (PP), discutiram, nesta noite, a mudança da Câmara Municipal de Campo Grande para o antigo terminal de transbordo de ônibus.

Para a proposta vingar, o prédio precisa receber investimento. O objetivo do grupo é que não só o velho centro comercial, mas todo o bairro Amambaí passe por revitalização. Para isso, eles vão promover um abaixo-assinado a favor das mudanças na reigião.

“Esse prédio não é totalmente particular. O poder público é dono de um terço dele. E esse prédio serviu Campo Grande por 35 anos”, argumentou a representante dos comerciantes, Rosany Neli Lima.

Ela também cobrou que o poder público colabore com a mobilização pela revitalização. “Precisa de respeito do poder público. Precisamos dar credibilidade à antiga rodoviária”, defendeu.

Já a vereadora Luiza Ribeiro, que mora na região, destacou a importância da revitalização e que ela trará benefícios ao bairro Amambaí. A parlamentar lembrou que ali já foi a sede da Prefeitura, Caixa Econômica Federal e Secretaria de Saúde.

O local também teve cinema e foi o palco do primeiro centro comercial de grande porte de Campo Grande. Ainda hospedou o órgão público de agenciamento de empregos, Sine (Futrab), quando ainda funcionava ali a rodoviária da Capital.

Luiza Ribeiro contou que vê diariamente pelo Facebook várias pessoas pedindo que os vereadores se mudem para o prédio da antiga rodoviária, e que quatro vereadores já estão declaradamente a favor da mudança: ela, Cazuza, Rose Modesto (PSDB) e Vanderlei Cabeludo (PMDB).

Outra a favor da revitalização é a atriz Beth Terras, que junto a outros artistas, mantém no local uma sala em que são desenvolvidos projetos esculturais. Ela sugere que se já aberto um teatro, devido a falta de espaços para apresentações culturais na Capital.

Já um dos primeiros locatários do local, Milton Luiz Belo, disse que não se pode brincar com a rodoviária. Para ele, todos precisam se unir e brigar pela revitalização, deixando as dificuldades de lado. Ele está no prédio deste a década de 70.

Moacir Pereira Junior, representante da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), contou que a entidade vem acompanhando a situação há muito tempo, e está disposta a buscar uma saída.

Representantes dos proprietários de imóveis na antiga rodoviária, locatários, os recém chegados dogueiros, donos de hotéis no entorno, moradores e os vendedores de carros da antiga Pedra vão se reunir mais uma vez para discutir mais sobre a questão, e elaborar um documento pedindo a revitalização.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


E o Bernal?
 
joao batista em 13/03/2013 19:54:12
Sou a favor do funcionamento da camara municipal na antiga rodoviaria e faço questao de assinar o abaixo assinado como tambem passar para meus amigos para que assinem tambem
 
Flavia terezinha em 13/03/2013 11:06:33
Quero assinar, faço questão!
 
fabio lopes em 13/03/2013 08:42:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions