A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

19/12/2016 21:38

Grupo se reúne para ajudar desabrigados com alimentos e itens de higiene

Nyelder Rodrigues
Grupo se uniu para doar mantimentos para os moradores de ruaGrupo se uniu para doar mantimentos para os moradores de rua
Entre os itens doados, estão desde alimentos até sabonetes (Foto: Direto das Ruas)Entre os itens doados, estão desde alimentos até sabonetes (Foto: Direto das Ruas)
Panetones tão foram doados (Foto: Direto das Ruas)Panetones tão foram doados (Foto: Direto das Ruas)

Um grupo de amigos se reuniu para ajudar moradores de rua desamparados em Campo Grande, grande parte deles, após a suspensão dos trabalhos no Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante), um dos locais afetados pela decisão judicial de demitir 4 mil funcionários terceirizados da prefeitura, via convênio com a Omep e a Seleta.

De acordo com a jornalista Celia Mantovani, organizadora do movimento, o trabalho de apoio é realizado há cerca de dois anos. "Essa ideia surgiu há dois anos. Já venho há algum tempo ajudando os moradores de rua, servindo cachorro quente e lanches. Então só continuei a fazer isso agora", explica.

Celia conta que a ação é individual e não tem ligação com nenhuma instituição, se organizando em um grupo no WhatsApp - o código de participação do grupo é o https://chat.whatsapp.com/3Dt8nw4mKHsCXzEja4b9UK. Quem também quiser entrar em contato pelo Facebook, basta procurar por Celia Mantovani na rede social.

"Amanhã iremos na casa que fica ali na lateral da antiga rodoviária servir cachorro quente. Fomos lá também agora à noite servir marmitas. Tem algumas pessoas do Cetremi ali", revela Celia, que fez entregas mais cedo no viaduto da BR-163 sobre a BR-262, na saída para Três Lagoas - ponto está a maioria dos desabrigados, devido a proximidade com o Cetremi.

Só nesta segunda-feira (19), foram doados 20 marmitas, 20 kis de higiene, frutas, dois fardos de água, café, 13 cobertores, mochilas e bolsas. O grupo pretende voltar nesta terça-feira (20) para auxiliar os moradores de rua da Capital e já planeja realizar uma ceia de Natal, pois acredita que a situação no Cetremi irá demorar a se regularizar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions