ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Grupos no Facebook contratam jovens para arremessar drogas em presídio

Caso ocorreu na manhã de ontem (28); um dos autores foi baleado no braço por policial militar

Por Kerolyn Araújo | 29/10/2020 09:01
Grupos do Facebook relacionados ao comércio de drogas. (Foto: Reprodução/Facebook)
Grupos do Facebook relacionados ao comércio de drogas. (Foto: Reprodução/Facebook)


O rapaz de 21 anos e o adolescente de 16, flagrados na manhã de ontem (28) arremessando drogas e celulares para dentro do Estabelecimento Penal Jair Ferreira De Carvalho, o Presídio de Segurança Máxima, no Jardim Noroeste, em Campo Grande, foram contratados para fazer o "serviço" pelo Facebook.

À polícia, o adolescente contou que faz parte de um grupo do Facebook, onde são oferecidos "trabalhos" para quem quer movimentar o tráfico de drogas, seja de compra ou venda.

Segundo o depoimento, o adolescente viu a oferta a cerca de cinco dias e entrou em contato com o anunciante. Ele disse que o jovem deveria encontrar um rapaz conhecido como "Pintado" ao lado do presídio.

No local, na data e hora marcada, "Pintado" entregou ao adolescente um tablete de maconha e um celular com carregador.

O jovem tentou arremessar os produtos, mas acabou atingindo um poste de iluminação. O barulho chamou atenção do policial militar que ficava na guarita e o adolescente fugiu. Ele foi encontrado minutos depois na mesma região.

O militar que fazia a fiscalização na guarita disparou e baleou o suspeito de 21 anos no braço. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para a Santa Casa.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário