ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Guarda Municipal atende em média 12 ligações por hora relativas ao coronavírus

Em 15 dias, desde que as medidas contra a doença fecharam comércios e estabeleceram toque de recolher, foram 4670 ligações

Por Ângela Kempfer | 05/04/2020 12:06
Uma das fiscalizações da guarda municipal durante o toque de recolher. (Foto: divulgação)
Uma das fiscalizações da guarda municipal durante o toque de recolher. (Foto: divulgação)

Em 15 dias de operação contra o avanço do coronavírus em Campo Grande, só a Guarda Civil Metropolitana recebeu 4.670 ligações de pessoas com dúvidas sobre a covid-19 e denúncias sobre desrespeito às regras de controle impostas pela prefeitura.

Desde 21 de março, quando o comércio fechou e passou a vigorar o toque de recolher de 22h às 5h, foram em média 311 telefonemas por dia, quase 13 por hora.

A maioria que ligou pediu informações sobre a pandemia de forma geral, no total de 952 ligações. Outras 325 foram com denúncias de descumprimento dos decretos da prefeitura de Campo Grande, principalmente por aglomerações em horários que todos deveriam estar em casa, de noite.

As equipes registraram 499 fiscalizações feitas, com 1429 pessoas abordadas por desobedecer as medidas de isolamento. Mas apenas 2 comércios acabaram lacrados, 12 foram notificados e 7 pessoas foram presas.

Os dados foram divulgados hoje pela Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social.