A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

02/06/2016 11:50

Guarda Municipal deve começar a usar armas a partir de novembro

Viviane Oliveira e Leonardo Rocha
Governador, secretário da Sejusp e prefeito participaram da solenidade de entrega de arma.  (Foto: Fernando Antunes) Governador, secretário da Sejusp e prefeito participaram da solenidade de entrega de arma. (Foto: Fernando Antunes)

A Guarda Civil Municipal deve começar a usar armas a partir de novembro deste ano, de acordo com o comandante da corporação Marcos Escanaichi. Na manhã desta terça-feira, a Polícia Militar entregou 275 revólveres calibre 38 para o município.

A solenidade aconteceu na governadoria e contou com a presença do prefeito Alcides Bernal (PP), do governador Reinaldo Azambuja(PSDB), e do titular da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), José Carlos Barbosa.

Conforme o comandante, uma empresa vai fazer a prova escrita e psicológica para seleção de guardas que vão poder usar as armas. No total, foram inscritos 225 servidores. Depois do teste, eles vão passar por um curso de duração de 600 horas. “Deve ser escolhido de 180 a 200 guardas. Esse curso vai terminar em novembro e partir daí eles estarão aptos para usar arma ”, explica. No total, são 1.246 homens na corporação.

Para a capacitação dos guardas será contrata uma empresa privada, explica o major Luidson Noleto, da secretária Municipal de Segurança. “Uma das exigências para participar da seleção é de que o guarda tenha conduta ilibada, escolaridade média e passar por teste físico e psicológico. Depois do primeiro curso, serão formadas novas turmas até que toda a guarda esteja armada.

“A guarda tem um bom relacionamento com a Polícia Militar e faz um serviço de excelência na Capital. A entrega das armas mostra a parceria entre os órgãos”, afirma o comandante geral da Polícia Militar, Jorge Edgar Júdice.

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, lembra que a Guarda Municipal de Dourados, que utiliza há muito tempo armas letais, é referência em todo o País e não há noticia de uso irregular ou desmedido da corporação.

Durante o evento, o governador Reinaldo Azambuja elogiou o trabalho da guarda e disse que o objetivo é dar mais segurança a população. Ele ressalta que o Estado vai comprar mais de 200 viaturas e na semana que vem, entregar para Campo Grande mais de 40 motos e 300 armas para a Polícia Militar.

Lembrando da situação em que encontrou a guarda quando assumiu a prefeitura, o prefeito Alcides Bernal enfatizou a parceria entre governo e prefeitura em prol da população. “Não temos nenhuma restrição, tanto que temos parceria com o governo estadual e a Polícia Federal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions