A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/03/2016 11:46

Hipermercado no Centro é interditado e multado por falta de segurança

Aline dos Santos
Extra da rua Maracaju  foi interditado nesta terça-feira. (Foto: Simão Nogueira)Extra da rua Maracaju foi interditado nesta terça-feira. (Foto: Simão Nogueira)

O Corpo de Bombeiros interditou o hipermercado Extra, na Rua Maracaju, em Campo Grande, nesta terça-feira (15), por descumprimento continuado de notificações expedidas nos anos de 2013, 2014 e 2015. O fechamento despertou a curiosidade de clientes.

Na manhã de hoje, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local por solicitação do MPE (Ministério Público do Estado), fechou o estabelecimento comercial até a correção dos problemas e aplicou multa de 2.500 Uferms (Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul), equivalente a R$ 58.375.

De acordo com o coronel Hudson Faria de Oliveira, foram encontradas várias irregularidades, como a bomba de incêndio e a iluminação de emergência que não funcionaram. “São várias irregularidades que oferecem riscos aos usuários e funcionários. Assim que cumprirem as exigências, é liberado”, diz.

As notificações são expedidas há três anos. Em 2015, por exemplo, o Extra foi multado em 500 Uferms. Conforme os bombeiros, é preciso substituir o projeto de segurança contra incêndio e pânico, apresentar atestado de conformidade elétrica, apresentar ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) de manutenção dos preventivos (extintores, hidrantes, iluminação de emergência), ART de manutenção do gerador, alarme de incêndio, elevador e escada rolante.

Além de apresentar atestado de formação de brigada de incêndio e realizar manutenção do sistema de detecção de incêndio. O pedido de vistoria que resultou na interdição partiu da 43ª Promotoria de Justiça.

O fechamento do hipermercado surpreendeu os clientes, que não esconderam a surpresa e a decepção ao se deparar com o portão fechado. Pâmela Aquino, 19 anos, trabalha no Fórum e andou seis quadras para chegar ao hipermercado, onde faria compras e pagaria contas. "Cheguei aqui, vi fechado e vou ter que voltar para trás", diz.

A assessoria de imprensa do hipermercado foi procurada, disse estar ciente do fechamento, mas ainda não se posicionou sobre o assunto.

Online – Conforme o Corpo de Bombeiros, os comerciantes devem regularizar a situação dos estabelecimentos e colocar itens de prevenção. No caso de loja com até 750 metros quadrados e sem riscos especiais, o certificado pode ser solicitado por meio do sistema Prevenir, disponível na internet. Em seguida, a equipe vai ao local para inspeção.

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions