A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

23/01/2019 09:27

Homem afirma que atirou em mulher por ser xingado após negar fazer sexo

Vítima foi atingida por quatro tiros e está na Santa Casa aguardando para fazer cirurgia ortopédica.

Mirian Machado e Bruna Pasche
Nicolas foi preso em flagrante com a arma de fogo utilizada no crime (Foto: divulgação/Polícia Militar)Nicolas foi preso em flagrante com a arma de fogo utilizada no crime (Foto: divulgação/Polícia Militar)

Nicolas de Jesus Batista de 22 anos, preso suspeito de tentar matar Eronilda Gabriel Mendonça, 34, a tiros na noite dessa terça-feira (22), disse à polícia que atirou na mulher, após ela ter o chamado de ‘viado e frouxo’, depois de se negar a fazer sexo.

O homem está detido na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. Ao delegado Lucas Caires, ele informou que estava bebendo em um bar no Bairro Guanandi e a vítima, que mora próximo do local, teria o chamado para sair.

Ambos então entraram no veículo dele, um Corsa de cor prata, e seguiram para beber em outro bar já no Bairro Tijuca, mas no meio do caminho começaram a discutir. Conforme o delegado, o suspeito teria afirmado que a vítima pediu para ambos terem relações sexuais, mas ele teria negado, afirmando que queria apenas beber.

A mulher então teria rebatido o chamando de ‘viado e frouxo’, momento este que ele sacou a arma, de calibre .38, a mandou descer do carro e com a vítima ainda de costas, fez os disparos e saiu.

 

Veículo do suspeito foi apreendido (Foto: Henrique Kawaminami)Veículo do suspeito foi apreendido (Foto: Henrique Kawaminami)

Ferida na perna de raspão, no peito e próximo à boca, a mulher ainda caminhou alguns metros e ligou para a polícia.
Em contrapartida, a irmã da vitima, que estava com ela antes de ambos saírem, disse que foi o rapaz quem chamou a vítima para sair.

A mulher esta na Santa Casa. Segundo o hospital, ela está na área verde, consciente e orientada. Eronilda foi ferida na bochecha esquerda, virilha, ombro esquerdo e panturrilha direita. No momento ela aguarda para fazer cirurgia na ortopedia, programada para ser realizada ainda hoje (23).

Ainda conforme a polícia, Nicolas tem passagens por lesão corporal e violência doméstica. O veiculo e a arma do suspeito foram apreendidos.

Caso- Quando os policiais chegaram a vitima, a encontraram sentada no chão. Questionada, a mulher não soube responder, mas identificou o autor como Nicolas e disse apenas que ele havia fugido em um veículo Chevrolet Corsa prata, em seguida ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa. Em rondas na região, os policiais conseguiram localizar a irmã de Eronilda. Ela confirmou que a vítima havia saído com Nicolas e indicou o endereço dele, na Rua Juruá, no Bairro Guanandi.

O suspeito foi preso em casa e assumiu o crime. O revólver calibre 38 usado na tentativa de homicídio foi encontrada em cima do guarda-roupa com oito munições intactas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions