A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/10/2014 17:04

Homem é acusado de molestar crianças perto de escola no Oliveira

Filipe Prado
O homem afirmou que não aliciou as crianças (Foto: Marcelo Calazans)O homem afirmou que não aliciou as crianças (Foto: Marcelo Calazans)

Um homem foi preso na tarde de hoje (8) acusado de molestar duas crianças no Bairro Oliveira III. De acordo com o registro da Polícia Militar, ele pediu ajuda das crianças e fez uma delas, uma menina, de 8 anos, encostar em seu pênis.

No boletim de ocorrência, os pais das crianças relataram que deixaram as crianças na escola, por volta das 13h, mas minutos depois o menino, 10 anos, ligou para o pai desesperado, afirmando que eles haviam sido molestados por um homem, identificado como Nilton da Silva, 49 anos.

As crianças contaram que o homem pediu a ajuda deles para consertar o carro. Para a menina ele pediu que pegasse uma borracha, que estava no bolso de sua calça. A menina colocou a mão, mas não encontrou nada, afirmando que o bolso estava furado.

O acusado insistiu e a menina colocou a mão mais uma vez, quando ele encostou no pênis dele. A criança se desesperou e começou a chorar muito, momento, segundo o BO, que ele fugiu do local.

Ao chegar à escola, os pais das crianças percorreram a região até encontrar Nilton. Identificado pelas crianças, eles e moradores da região, entraram em luta corporal com o acusado, sendo rendido minutos depois.

Alguns minutos depois, duas meninas, de 10 anos, conforme o pai de uma das vítimas, que não quis se identificar, chegaram chorando, muito desesperadas, alegando que Nilton também havia molestado as duas, dizendo coisas obscenas, conforme o boletim.

O acusado foi encaminhado para a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). Em entrevista ao Campo Grande News, Nilton contou que pediu ajuda dos meninos segurar o porta-malas do carro, enquanto ele consertava. “Eu não perguntei nome e nem nada delas. Quando terminei, falei obrigado e fui embora”, disse.

Ele assegurou que não possui passagens pela polícia e que tem três filhos, casa própria. Também garantiu que “não fez nada”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions