A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/08/2015 15:42

Homem é condenado 27 anos por matar 2 após chamar torcedor de bambi

Edivaldo Bitencourt
Rodrigo confessou o crime e diz que gostava das vítimas (Foto: Marcos Ermínio)Rodrigo confessou o crime e diz que gostava das vítimas (Foto: Marcos Ermínio)

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Aluizio Pereira dos Santos, condenou Rodrigo de Andrade Oliveira, 31 anos, a 27 anos de prisão pelo assassinato dos irmãos João Pinheiro de Oliveira, 47, e Gilberto Pinheiro de Oliveira, 43. O julgamento ocorreu nesta quarta-feira (19). Os homicídios ocorreram em 11 de novembro de 2011 após briga iniciada após o assassino chamar João de “bambi” por ser torcedor do São Paulo.

Conforme a denúncia, Rodrigo estava tomando cerveja com amigos, incluindo-se as vítimas, em uma conveniência do Bairro Taveirópolis. Por volta da meia noite, ele começou a discutir com os dois irmãos, que torciam para o tricolor paulista. A confusão começou quando Rodrigo chamou que João era nordestino, conhecido como cabra macho, mas torcia para o time dos bambi.

João não gostou da brincadeira. Segundo Rodrigo, ele até chegou a pedir desculpas, mas a vítima reagiu a tapas e o agrediu.

Revoltado com a agressão, conforme o MPE (Ministério Público Estadual), Rodrigo foi até a sua casa, pegou o revólver e voltou disposto a acertar conta com a vítima. Ele efetuou os disparos de uma distância de aproximadamente dois metros e acertou a cabeça da vítima. Para o juiz, ele tinha destreza no manuseio da arma e a intenção de matar. Após matar João, Rodrigo efetuou os disparos em Gilberto, que chegou a ficar internado por quatro meses, mas morreu no hospital.

O juiz Aluizio Pereira dos Santos condenou Rodrigo a 13 anos e seis meses de prisão em regime fechado por cada assassinato. A pena total será de 27 anos. No entanto, o magistrado não decretou a prisão preventiva de Rodrigo, que poderá recorrer da sentença em liberdade.

Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions