A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/03/2014 18:13

Homem é indiciado por estelionato após simular contrato e fraudar cheques

Bruno Chaves
João ainda é suspeito de aplicar o mesmo golpe em uma madeireira (Foto: Divulgação/PC)João ainda é suspeito de aplicar o mesmo golpe em uma madeireira (Foto: Divulgação/PC)

João Carlos Garcia, 46 anos, foi indiciado pela Polícia Civil de Campo Grande depois de simular um contrato com uma locadora de veículos e pagar o serviço com cheques fraudados. Os crimes cometidos por ele foram: estelionato e apropriação indébita.

Conforme a assessoria da Polícia Civil, depois de alugar um veículo, João foi até uma garagem onde comprou um carro e não pagou. Ele ainda alienou uma caminhonete S-10, avaliada em R$ 60 mil, para quitar a dívida.

Ele já vinha sendo investigado pela 4ª Delegacia de Polícia da Capital desde novembro de 2013 depois quando clonou cheques para comprar madeira de eucalipto de um produtor rural da região das Moreninhas.

“Com a localização do acusado pelos investigadores foi possível o esclarecimento dos dois crimes por ele praticados e ainda, a caminhonete foi recuperada”, afirmou o delegado Tiago Macedo, responsável pelas investigações.

A polícia aguarda os resultados dos laudos periciais solicitados nos cheques que João emitiu na compra de eucalipto para que a investigação seja concluída.

Se a fraude for comprovada, João será mais uma vez indiciado por estelionato. “Poderemos, inclusive, pedir a prisão preventiva do João”, finalizou o delegado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions