A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/06/2013 16:17

Homem encontrado morto levou seis tiros e teve parte do corpo carbonizado

Evelyn Souza e Viviane de Oliveira

Maurílio Braga da Rocha, de 30 anos, encontrado morto na manhã dessa quarta-feira (19), levou pelo menos seis tiros e teve parte do corpo carbonizado. A informação foi repassada ao Campo Grande News, pelo delegado Tiago Macedo da 4ª delegacia de Polícia, do bairro Moreninhas.

Segundo o delegado, perícia realizada preliminarmente no local, aponta indícios de execução. O corpo de Maurílio foi encontrado em um pasto, de difícil acesso.

Marcas que ficaram na estrada apontam que ele foi arrastado até o local.“Tudo indica que os primeiros disparos foram efetuados na estrada e que depois ele foi levado até o local onde foi encontrado”, explica o delegado.

O delegado informou ainda que parte do corpo da vítima, da cintura para baixo, estava carbonizado. Ele disse também que vai analisar as passagens policiais de Maurílio para traçar uma linha de investigação. Na ficha dele, a profissão conta como comerciante varejista. Ele morava na vila nhá-nhá.

O corpo foi encontrado por um funcionário de uma fazenda, por volta das 9h desse quarta-feira (19), próximo a Fazenda Recanto Buriti, que fica a 13 quilômetros depois do final da Avenida Três Barras, na saída para São Paulo. A Polícia teve que contar com ajuda de uma pessoa que conhecia bem a região para chegar até o local, que é de difícil acesso.

Maurílio Braga da Rocha estava desaparecido desde segunda-feira (17), quando saiu de casa para trabalhar na região do bairro Universitário e não voltou mais. Ontem a tarde, a esposa dele, de 30 anos procurou a delegacia e registrou boletim de ocorrência por desaparecimento de pessoa. Ele foi encontrado com as mesmas roupas que a esposa disse que ele estava quando desapareceu. 

Maurílio Braga tinha várias passagens pela Polícia, entre elas, tráfico de drogas, receptação, estelionato e maus tratos de animais. Ele chegou a ser preso em abril de 2011, quando foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal de Jardim, com uma motocicleta roubada no Rio de Janeiro. A prisão também ocorreu devido a um mandado de prisão expedido pela justiça do Ceará.

Ele foi solto um mês depois, em maio do ano passado.

 



As pessoas julgam as outras sem saber o que realmente aconteceu. Independente do que ele fez ou deixou de fazer,ele era uma pessoa bacana ,extrovertido e que vai deixar saudades para aqueles que o conhecia. Em relação aos mal trato de animais foi um mal entendido e ele pagou o que devia.

MAURÍLIO Descanse em PAZ


 
Pamella Aguilher em 21/06/2013 08:58:32
nossa q tristeza ñ queria que estivesse acontecido isso..... mas enfim descanse em paz......
 
lidiane aguilhar em 20/06/2013 12:23:15
Complicado e triste. Parece que ele colheu o que plantou!
 
Christiane Mesquita em 19/06/2013 22:48:13
Ja foi tarde, pra mim basta o mal trato de animais !!!
 
JESCIELLEN RIBEIRO MARINHO em 19/06/2013 19:00:04
Quem fez isso parece q estava com muita raiva desse camarada!!! O que será q eles fez de ruim pra ter um fim desse tipo!!! Q Deus tenha pena do q restou, sua alma!!!!
 
cris alves em 19/06/2013 16:41:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions