A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

19/02/2018 08:45

Homem mata pitbull a golpes de facão na frente dos filhos pequenos

Crime aconteceu por volta das 16h30 de ontem (18), na frente dos quatro filhos menores de 10 anos, na Rua Planalto

Viviane Oliveira
O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário da Vila Piratininga (Foto: André Bittar) O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário da Vila Piratininga (Foto: André Bittar)

Em ataque de fúria, José Fernandes da Silva, 47 anos, matou o próprio cachorro pitbull a golpes de faca, por volta das 16h30 de ontem (18), na frente dos quatro filhos pequenos, na Rua Planalto, no Jardim TV Morena, em Campo Grande. O motivo da violência não foi informado. Maus-tratos a animais é crime ambiental. 

Conforme boletim de ocorrência, Adriano Nogueira Bastos, 26 anos, contou que há meses vendeu o filhote para o vizinho e sempre o visitava, pois ainda tinha laços afetivos com o animal. No entanto, na tarde de ontem, quando foi até o local flagrou o autor agredindo a cadela com golpes de facão.

Assustado com a situação, Adriano pediu para que o autor parasse com a agressão e ao ser ignorado entrou no quintal para socorrer o animal - acuado e indefeso - segundo relatos dele à polícia. Mas teve que sair do quintal sem o cachorro, porque foi ameaçado de morte por José.

Cadela pitbull que foi morta a golpes de faca tinha 1 ano (Foto: Direto das Ruas)Cadela pitbull que foi morta a golpes de faca tinha 1 ano (Foto: Direto das Ruas)

Na sequência, a Polícia Militar foi acionada. José fugiu. O animal foi encontrado no quintal da residência com vários ferimentos e hemorragia. A cadela foi socorrida para uma clínica veterinária, mas morreu no centro cirúrgico após sofrer a terceira parada cardiorrespiratória, por volta das 20h.

Na residência de José, foram encontrados mais dois cachorros, da raça border collie, que aparentavam sofrer maus-tratos como dificuldades de andar e infestação de caramujo na pelagem, de acordo registro policial. Amedrontados, os animais também tinham aparência anêmica. A mulher do autor que atendeu a equipe policial disse que o marido havia fugido e não retornaria para a casa.

A agressão foi filmada por Adriano e as imagens devem ser entregues a polícia. O corpo do animal foi levado para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) para o descarte correto. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.



Tem que tomar ciência se a pessoa é do bem e cuida bem do animal antes de doar ou vender.
 
Marlon em 19/02/2018 14:00:01
Todas pessoas que forem vender ou doar gato, cachorro etc... Tem que pedir para o novo dono cuidar bem e caso não puder cuidar, devolva.
Observe como tratou outros animais.
Já vi casos de pessoas dizerem gostar muito e quando levam deixam morrer de fome.
 
Marlon em 19/02/2018 13:59:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions