ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Homem oferece carona, sai em zigue-zague e abandona 2 feridos após acidente

O condutor, de 22 anos, fugiu após o acidente; dos três caronistas, dois foram levados para atendimento

Por Silvia Frias e Bruna Marques | 27/03/2021 13:03
Acidente aconteceu na avenida Duque de Caxias, próximo do Indubrasil (Foto: Henrique Kawaminami)
Acidente aconteceu na avenida Duque de Caxias, próximo do Indubrasil (Foto: Henrique Kawaminami)

Rapaz de 22 anos provocou acidente após transitar em zigue-zague na avenida Duque de Caxias, próximo ao Indubrasil, em Campo Grande. No carro, estavam ainda outros três ocupantes, que haviam aceitado carona dele pouco antes. Dois deles ficaram feridos.

O pai do condutor, eletricista de 48 anos, diz que o filho pegou a chave escondido e que ele não faz uso de qualquer medicação que justifique o que aconteceu.

O acidente foi atendido por equipe do Corpo de Bombeiros. O 1º tenente Lennon Sabino de Lima foi informado por uma das vítimas que ele e mais dois amigos estavam em ponto de ônibus no Indubrasil quando o rapaz, conduzindo Fiat Uno passou e ofereceu carona.

Os três entraram no carro, que seguiu no sentido bairro-centro. Segundo um dos ocupantes, sem qualquer explicação, o motorista começou a dirigir em zigue-zague na avenida Duque de Caixas e acabou batendo o carro na grade de proteção.

Condutor fugiu depois do acidente (Foto: Henrique Kawaminami)
Condutor fugiu depois do acidente (Foto: Henrique Kawaminami)

O condutor fugiu a pé e não foi localizado. Dos ocupantes, um, de 36 anos, de 39 anos, sofreu fratura no fêmur direito e foi levado à Santa Casa; outro, um corte na canela direita, sendo atendido na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Tiradentes. O terceiro não sofreu qualquer ferimento e foi embora a pé do local.

Pouco tempo depois, o pai do condutor chegou ao local do acidente. O eletricista de 48 anos, residente no Jardim Inápolis, disse que estava no trabalho quando foi avisado do ocorrido.

O homem relatou que foi trabalhar de moto e deixou o carro na garagem, mas que o filho não tinha acesso a chave principal, que continua no mesmo lugar. “Não sei que chave é essa que ele usou”.

Segundo o eletricista, o filho é casado e tem uma filha, mas foi morar com ele há cerca de um mês. O rapaz não apresentava qualquer indício de instabilidade que justificasse o que aconteceu, assim como náo faz uso de remédios controlados ou drogas.

“Não tenho notícia dele, porque está sem celular, agora, é uma situação complicada, é meu carro de trabalho”, lastimou, explicando que não tem seguro.

Fiat Uno ficou destruído após condutor andar em zigue-zague (Foto: Henrique Kawaminami)
Fiat Uno ficou destruído após condutor andar em zigue-zague (Foto: Henrique Kawaminami)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário