ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  22    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Homem que recebeu descarga elétrica estava fazendo “gato”, diz Enersul

Por Ana Paula Carvalho | 25/02/2012 12:33
Homens da Enersul trabalham onde eletricista recebeu descarga elétrica (Foto: João Garrigó)
Homens da Enersul trabalham onde eletricista recebeu descarga elétrica (Foto: João Garrigó)

De acordo com a Enersul, o eletricista João Batista dos Anjos, de 49 anos, que recebeu uma descarga elétrica de quase 12 mil volts, na tarde de ontem, estava fazendo um “gato” para furtar energia da rede quando houve o acidente.

Ainda de acordo com a concessionária, ele é ex-eletricista da Enersul e foi demitido há 15 anos por envolvimento com fraude. “Ele vendia gatos”.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele não utilizava equipamentos de segurança. João Batista utilizava uma barra de ferro para alcançar a fiação do poste na rua Carangola, no bairro São Conrado. Ele queria religar a luz de uma residência.

O eletricista foi encaminhado em estado grave à Santa Casa.

Proteção - Um eletricista da Enersul, para fazer qualquer intervenção na rede desligada passa por 300 horas de treinamento e utiliza ferramentas adequadas que garantem a segurança do trabalhador. Ele é sempre assistido por outro eletricista que acompanha toda a ação.

Por ano, em média, a concessionária tem prejuízo de R$ 110 milhões por conta da grande quantidade de fraudes na rede elétrica. Isso equivale ao abastecimento de uma cidade do tamanho de Dourados por 12 meses.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário