A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/04/2011 07:20

Homem se irrita com som alto e mata vizinho a facadas em Campo Grande

Ricardo Campos Jr.

Moradores disseram que autor já havia praticado homicídio antes

Jairo da Silva, 31 anos, foi morto a facadas após uma briga que segundo testemunhas começou por causa do som alto do carro da vítima. O crime aconteceu por volta das 22h50 de ontem (14) na rua São Domingos, bairro Manoel Taveira, em Campo Grande.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro), o autor do homicídio foi identificado por testemunhas como Jeferson, que fugiu após o crime.

Os vizinhos disseram ainda que Jeferson já havia matado outra pessoa antes.

Jairo teve ferimentos no antebraço esquerdo, tórax e no dedo mínimo. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado. Quando a equipe chegou ao local a vítima já estava morta.



eu tambem as vezes tenho a mesma vontade , meu vizinho tem dias que me tira do serio com essas musicas nojentas imorais. de nada estrui o homem. so putaria e imundiceis agente chama a policia quando vem nao resolve, o cara faz pior quando eles vao embora. tenho odio desse infeliz . da vontade mesmo de acabar com um cara desse. vagabundo dorme ate tarde . e imcomoda a paz da gente. nao tiro o direito do cara que matou. so sabe o que e ser imcomodado por barulho quem passa por isso.
 
cida bueno em 23/03/2013 23:38:41
O mesmo acontece comigo. Já liguei para polícia, já tentei falar com meu vizinho, já tentei falar com a mãe e o pai dele, mas todo mundo fala que não tenho o direito de reclamar, tenho que aturar som alto na minha cabeça e eu que me dane!
Para algumas pessoas a gentileza e a educação não funcionam.
 
Laura Helena em 29/08/2011 11:05:00
O pior não é isso somente: quer ver quando a gente está no ônibus e o motorista aumenta o som do veículo, acreditando que todos que estão ali se divertem com as músicas que ele gosta - isso misturado ao calor do ambiente, e muitas vezes lotado...

Além disso, aparecem os famosos adolescentes com seus radinhos tocando funk, rap etc., tudo para que todos ouçam também! Outro dia tive que ouvir duas garotas (sim, garotas) ouvindo e cantando bem alto um funk que falava letras do tipo "eu vivo para o crime", "eu nasci pra roubar", e assim vai...

A atitude do morador é reprovável, por ter matado, mas motivos a vítima deu (e provavelmente provocou, dizendo coisas do tipo: "o som é meu, ouço conforme quiser").

Agora um recado para os que se alegram com músicas altas: se realmente gosta, ótimo, mas saiba que muitos não estão gostando, querem um pouco de sossego, paz, às vezes pensar um pouco nas coisas importantes da vida. E se só vc gosta, coloca um fone de ouvido!!! Mas se assim não preferir, por que não pega seu carro, ou seu aparelho de som, e o leva para o meio do mato? Aí você poderá aumentar o som no máximo do máximo, que ninguém irá se incomodar...
 
Rafael Andrade Gusmão em 15/04/2011 12:04:49
Concordo com o Sr. Eduvin Oliveira. Agora nossos "brilhantes" e "inteligentes" políticos vão ter que promover um plebiscito para proibir a venda de facas, etc. Aliás: a arma de fogo é uma invenção recente na história humana, uma vez que tem pouco mais de 500 anos e esses desonestos querem dar a impressão de que o homicídio nasceu com a arma de fogo. Só que o ser humano mata o seu semelhante desde que existimos, usando as próprias mãos, porretes, pedras, cipós, cordas, água (por afogamento), por inanição e qualquer coisa ou meio que se possa imaginar. Muitos morrem de fome todo o ano, mas ninguém faz plebiscito para proibir as mortes por inanição. Agora, tirar o único meio de defesa da vida e do patrimônio, assegurado pela Constituição brasileira, isso eles querem tirar. O objetivo: facilitar as coisas para os ladrões, assaltantes e malfeitores em geral.
 
Adriano Roberto dos Santos em 15/04/2011 11:30:06
Cometer o crime não justifica simplesmente por estar com o som alto, entretanto algumas pessoas abusam do som alto em lugares de residências, a polícia não age, daí umidividuo age desta forma (errada), mas é hora da polícia dar um basta a estas pessoas que perturbam o silêncio da noite que quem ´precisa trabalhar no outro dia, vejam os abusos que ocorrem praticamente em frente ao Posto de Saúde do Bairro Guanandi, já há mais de 5 anos, isso não tem fim 2, 3, 4 da madrugada e estes vândalos fazem barulho por lá,a policia age, mas sem determinação de acabar com isso, perece que negocia com estes abusadores da Lei e do sosego de quem precisa trabalhar no outo dia, sem contar ao abuso cometido contra os trabalhadores e usuários do POSTO DE SAÚDE ali ao lado. (Posto de Saúde do Guanandi), como diria o Bóris, "isso é uma vergonha".
 
Jair Terra em 15/04/2011 11:20:53
Ô gente! Ninguém sabe se o som estava mesmo perturbante. Até porque o homicida é reincidente, parece mais àqueles casos de: “eu mando na rua”, ou é do meu jeito ou eu "mato". Banalização da Vida!
 
Katia Beatriz em 15/04/2011 10:59:38
Certamente é desagradável quando se tem um vizinho barulhento! Mas não é por isso que ele precisa perder a vida! Antes eu ir conversar com ele, ou chamar a polícia, ou até mesmo me mudar de residência, do que tirar a vida de alguem que tem pai, mãe, esposa ou namorada, ou até mesmo filhos! A desgraça do Brasil esta na falta de pessoas passíficas que buscam a solução ao invés de problemas e desgraças!
 
Martin Rolf em 15/04/2011 10:51:35
Eu, não aprovo esta atitude, mais tem pessoas que é bem abuzada, liga som alto e vai a nite toda, sem pensar que esta tirando o descanço de outras pessoas, e nisto muitas veses as pessoas estão bebendo e tudo acontece, só Deus para nos guardar.
 
Antonio Carlos Xavier em 15/04/2011 10:49:54
O som alto atrapalha todos..e muito ruim som alto..será q as pessoas q tem som nunca liga o desconfiometro..mas..não para tanto assim..Deus deu a vida..não nos é consedido tirar a vida d ninguem..o q está faltando é amar uns aos outros..está faltando amor nos corações..nada q uma boa conversa não resolva..pesso a Deus q conforte esta familia...O SENHOR Deus ama todos d igual maneira..devemos dar valor para para este amor para nosso conforto e felicidade...
 
Odair Alves Teixeira em 15/04/2011 10:48:42
Cada vez mais as pessoas estão matando por motivo torpe,nao acho que apesar do barulho era motivo para matar o vizinho ele poderia ter tomado outras atitudes ao invés de matar,como comunicar a policia,isso só mostra que ele nao respeita a vida das pessoas e queria exigir respeito e cobrar silencio.
 
jessika da silva teixeira em 15/04/2011 10:29:47
Lei do silêncio existe para ser cumprida. Há pessoas que não tem educação e respeito pelos vizinhos. Não se importam se estão incomodando . Chamar a polícia as vezes resolve quando o "barulhento" não é ignorante- se for, (ignorante) a polícia tem que levá-lo para a delegacia e dar uma prensa. RESPEITO E EDUCAÇÃO É BOM ,E TODO MUNDO GOSTA.
 
JOSE BENEDITO GUBIOTTI em 15/04/2011 10:25:18
No sábado passado tive a vontade de fazer a mesma coisa com o vizinho da minha mãe. E estou falando sério. Se for preciso respeito e ninguém faz nada pra corrigir esse bando de desocupado, que seja assim então.
 
André de Oliveira em 15/04/2011 10:16:29
cofesso que se morasse ao lado de uma pessoa sem noção como esta eriamos parar na delegacia varias veses nao sei se teria coragem pra tanto porem entendo que nao é todo dia que voce esta com tolerancia para ouvir musicas q nao fazem seu estilo ainda mais alta.porem isso e uma questao de cultura e a midia poderia usar o poder que tem para divulgar alguns deveres que os cidadaos devem cumprir.
 
luciana rocha em 15/04/2011 10:11:27
Com certeza não se justifica, mas, infelizmente, crimes dessa natureza vão continuar acontecendo, pois, o barulho excessivo tira do sério até as mentes mais equilibradas, graças a Deus que na minha rua não existe ninguém com essa disposição doentia, quando encontro na rua, faço o possível para me distanciar deles o quanto antes. As autoridades que tirem do papel os infindáveis planejamentos para se amenizar a situação, inclusive combatendo o uso indiscriminado desses irritantes faróis de xenom em sua maioria todos irregulares adquiridos no Paraguay tendo inclusive notícias de acidente em que família inteira foi destruída pelo mau uso dessa marca registrada de narcisismo delirante.
 
elias a. pereira em 15/04/2011 10:09:47
O respeito ao descanso alheio é algo sagrado e protegido por Lei.Mas as autoridades não estão nem aí, acreditam que é pouca coisa. Vá numa delegacia se queixar disso pra ver a disposição da Polícia Civil. Chame a PM e vê a disposição. Questiona os comandantes sobre uma melhor estrutura para as polícias. Só decepção.
É algo simples que se tornou uma tragédia. Cuidemos das pequenas coisas e as maiores, como a VIDA será respeitada consequentemente.
Parece que o Ministério Público está se mexendo quanto à LEI DO SILÊNCIO em lanchonetes, casas noturnas etc. Isso é imprescindível. Parabéns. Não deixe isso somente nos projetos.
 
Luiz Américo Pedrosa em 15/04/2011 10:08:58
A ninguém é dado o direito de fazer a justiça com as próprias mãos.
Para a correção dos infratores a sociedade instituiu o poder judiciário, que fazem cumprir as leis.
Entendo que as pessoas precisam respeitar o espaço físico e social, isto é, as pessoas não estão demonstrando preparo para o convívio social.
Resumindo: Não se deve matar, bem como, também não se deve pertubar o sossego alheio, pois isto caracteriza contravenção penal.
 
Renato da Rocha Ferreira em 15/04/2011 10:07:06
Peraí gente.......

Uma pessoa é morta e vcs ficam discutindo se o assassino tinha ou não razão ?
Nada justifica uma morte. Só por causa de um som alto !!!!!

PÔxa,poderiam ter usado o bom senso. Conversado. Pôxa, a vida é tão preciosa, pra se tirar por tão pouco. Ele tem que pagar, e além do mais, pessoas que não sabem viver em sociedade, tem que ser penalizado sim. Qualquer coisa e vai matando. Tomem cuidado com essa falta de amor ao próximo, pois isso pode pegaR E TODOS VÃO SAIR MATANDO TODO MUNDO POR POUCA COISA. É PRECISO MAIS AMOR PELA VIDA, PELO SER HUMANO, E QUEM COMETE UM CRIME DE HOMICIDIO, ESTUPRO, ENFIM crimes CONTRA A VIDA, TEM QUE SER PRESO E PAGAR Pelo QUE FEZ. QUANtO AO GOVERNO SOBRE OS PRESÍDIOS, JÁ É OUTRO DEPARTAMENTO. A VIDA ACIMA DE TUDO !!!!!!!!
 
Maria ANa Deleon em 15/04/2011 10:05:40
Discumpriu a lei, pagou com a vida. Foi o que aconteceu.
 
Ivo Alves em 15/04/2011 10:05:22
ISSO TUDO ACONTECE PORQUE AS PESSOAS DEIXARAM DE ACREDITAR EM DEUS E SEGUI-LO, POIS SOMENTE A PRESENÇA DE DEUS EVITARIA TANTO O SOM ALTO PORQUE É RIDÍCULO QUANTO A AÇÃO DE MATAR , DEUS EXISTE E É PARA SER SEGUIDO E ISSO INDEPENDE DE RELIGIÃO BASTA VOCE ACREDITAR NELE.
GRANDE ABRAÇO A TODOS E FIQUEM COM DEUS.
 
EDER DE OLIVEIRA CHAVES em 15/04/2011 10:04:25
Plebiscito para proibir a venda de facas no Brasil? kkkkkkk
 
Allan Silva em 15/04/2011 09:45:32
Tanto tem se falado em som alto na mídia, mas na hora de chamar a polícia para resolver o assunto, nada é resolvido. Quem mora ao lado de postos de gasolina que permitem isso, apesar de em alguns ter placas "proibido som alto", isso não é respeitado, e ai de quem for lá reclamar. Por que somos obrigados a escutar a música dos outros? Porque somos obrigados a escutar celulares e caixinhas de som dentro dos ônibus com músicas de funk com referência a sexo, partes íntimas, em qualquer lugar isso é um absurdo!!! Por que provocam?? Parece que querem ver o "bixo pegar". Dá nisso!! Imagino que eles devem ter batido boca para abaixar o volume e nada ocorreu até que passasse isso, se chamasse a polícia o ânimos teriam sido contidos, mas após a saída da polícia a situação teria voltado a ocorrer e aí teria "bate boca" novamente. Onde está a famosa frase "A sua liberdade vai até a liberdade do outro", onde????
 
Maria Santos em 15/04/2011 09:33:46
Tenho um vizinho que gosta de ouvir músicas ( lixos - funk) sem sentidos, com uns batuques irritantes e pior que ainda trás uns "amiguinhos(as)" da mesma laia...e a farra rola solta até altas horas da madrugada. Não estão nem aí para os outros...querem mesmo "curtir a vida" (cachaça/droga) incomodando os vizinhos. No fundo entendo a razão desse senhor, lógico que existem outras maneiras de agir...a irritação (estresse) tira qualquer um do sério.
 
Jane Oliveira em 15/04/2011 09:11:37
Tudo isso por causa de uma Lei do silêncio que não é respeitada por baderneiros, que andam com som alto durante toda a noite e não são incomodados pelas autoridades.
 
Leny Campos em 15/04/2011 08:43:52
Duas situações, após as 22 hs a lei proibe esse tipo de coisa e ninguém respeita, em frente a minha casa tem um bar que volta e meia tem uma desavisado com som mais alto que o permitido, e depois tem um assassino solto esperando a próxima vitima.
 
Oswaldo Benites em 15/04/2011 08:43:06
Naturalmente que não se deve matar, porém, em razão de ter vizinho que não respeita o meu lazer... entendo a atitude desse assassino.
 
Jôni Coutinho em 15/04/2011 08:36:42
claro que nao tinha necessidade de matar ninguem mas moro perto de um bar e o som é simplesmente insuportavél , outra coisa sao aquelas motos barrulhentas ,esse pessoal esquece que existe crianças idosos muitas vezes doentes querendo dormi para ver se esquece a dor .lamento pela familia da vitima.
 
edilene mascarenhas e silva em 15/04/2011 08:23:30
bom, neste caso, deveria o vizinho encomodado ter chamado a policia pois a mesma tem o estado de proteção nas costas, e a arma na cintura, e o barulhento iria broxar na hora, se prenderem ele, o cara vai passear na prisão, e com isto aumentar os nossos impostos para mante-lo na cadeia, e ainda se ele for casado receber o auxilio recrusão, sendo que o governo federal deveria fazer um pebliscito tambem para proibir a venda e a comercialização de facas no brasil, o mesmo acontece com as armas, sendo que as facas em geral, após ser utilizadas para cometer o crime acabam virando armas brancas, o que não existe na nossa legislação o registro, o porte e a guia de trafego para armas brancas (facas). até parece que neste país tudo esta errado. já pensaram no seguinte quando a população mais se desarma, mais morrem gente, já matam até por pedradas. meus pesames aos familiares. que Deus lhe confortem.
 
eduvin oliveira em 15/04/2011 07:58:47
Também não é para tanto, mais que muitas vezes da vontade de fazer o mesmo ah! dá...
O sujeito não se contenta em apenas ter um som no carro ele precisa mostrar para todo mundo que tem...
 
Marco Aurélio Alves em 15/04/2011 07:53:45
nossa ate onde vai essa violencia , matar por tao pouco agora um morto e outro na cadeia , dois homens sem deus no coração....
 
silvio cesar em 15/04/2011 06:00:02
A partir de agora será assim, pq a policia ñ age qndo solicitado, e a justiça demora muito pra agir, agora concordo c/ RAFAEL se todos pesassem como ele o mundo seria bem melhor, agora ainda tem duvidas a respeito do som alto, então as testemunhas estão mentido??
 
Felipe Salinas em 15/04/2011 03:05:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions