A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/01/2014 08:04

Homens perseguem rapaz para se vingar e matam menina por engano

Francisco Júnior e Filipe Prado
Suspeitos foram apresentados na Depac Piratininga. (Foto: Filipe Prado)Suspeitos foram apresentados na Depac Piratininga. (Foto: Filipe Prado)

Uma adolescente de 16 anos morreu baleada durante uma perseguição, ocorrida por volta das 22h30 de ontem (3), no Bairro Alves Pereira, na saída para São Paulo, em Campo Grande.

A vítima, identificada como Wanessa Gabrielly dos Santos Almeida , estava na garupa de uma motocicleta quando foi atingida por dois tiros. O crime aconteceu na Rua Eduardo Razuk, próximo da casa da vítima.

De acordo com a Polícia, o alvo dos tiros era o namorado dela identificado como Isaac Engles Ferreira, era ele que conduzia a motocicleta onde estava a adolescente. Wanessa ainda foi socorrida por vizinhos, que a levaram para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário, mas devido à gravidade dos ferimentos ela acabou morrendo.

Por volta das 3 horas, dois homens suspeitos de ter cometido o crime foram presos: Ruan Luan Viera da Silva, 18 anos, e João Paulo, o Japinha, 23, estavam em suas casas quando foram localizados por policiais.

Conforme a Polícia, a dupla tentou matar Isac para vingar a morte de um amigo conhecido como Jefinho, ocorrida em abril do ano passado.

Os suspeitos estão presos na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Uma vida foi ceifada sem que ao menos tivesse o direito de defesa. Na realidade, os projéteis eram para o seu namorado, que é suspeito de ceifar a vida de outra pessoa.Violência atrai violência, essa é uma lei universal que se cumpre a risca. Se tivesse uma polícia atuante, eficaz e leis punitivas, talvez, vida daquela adolescente teria sido poupada. O Código Pena é pró-bandido, se caso, vieremcumprir pena, no regime fechado, com um sexto de pena cumprida já tem direito de ir para o regime semiaberto, ou seja, não pune ninguém. É a verdade nua e crua.
 
Salvador Zeferino da Silva em 04/01/2014 19:48:18
o sr Marcio Silva , diz tudo .....
 
fernando azevedo em 04/01/2014 19:12:31
Não adianta agora querer chorar o leite derramado, quero dizer o "sangue" derramado. Já dizia Pablo Neruda:"VOCÊ É LIVRE PARA FAZER SUAS ESCOLHAS, PORÉM É PRISIONEIRO DAS SUAS CONSEQUÊNCIAS.", então se a garota escolheu um marginal para viver um conto de fadas, podem ter certeza que agora ela está no "País das Maravilhas", lembrando que no máximo em três ou quatro anos os algozes da menina estarão nas ruas para cometerem outro delito.
 
Douglas Ruiz em 04/01/2014 13:37:52
Isaias 10:01 - Ai dos que decretam leis injustas, dos que escrevem leis de opressao, para negarem justiça aos pobres, para arrebatarem o direito aos aflitos do meu povo, a fim de despojarem as viuvas e roubarem os órfãos! ‪#‎refletindo‬ nisso#
 
Delmario Guimaraes de Araujo em 04/01/2014 11:43:39
Aplicadores da Lei, ótimo comentário Sª Tathiane, aqui vale o que está escrito vivemos em um país positivista, ou seja, VALE O QUE ESTÁ ESCRITO. diferente de alguns países onde a Carta Magma tem apenas alguns artigos, onde quase tudo é baseado nos costumes, costumes de um povo culturalmente anos luz à nossa frente. Aqui o marginal basta ter endereço que o juiz é obrigado a determinar a soltura, No nosso país a prisão é a exceção da regra, por isso os homicidas, latrocidas, tem o direito de passar o natal em casa e aproveitar para cometer novos crimes. Contudo os agentes políticos, os tecnocratas que são constituídos para trabalhar por nós têm medo de ter que provar do próprio veneno, por isso é mais fácil existir vida em marte do que o País do carnaval das mulatas e do FUTEBOL mudar.
 
marcio silva em 04/01/2014 11:12:28
As jovens estão pensando e agindo sempre baseado em emoções, a generalização está cada vez mais próxima dos 100% ! Os pais precisam interferir radicalmente na educação dessas meninas, está tudo a flor da pele! Muitas baladas, cachaçadas, ego inflado, querendo chamar a atenção e querendo se destacar mais que as "rivais".. As chamadas "vidas lokas"! Umas não assumem, mas agem parecido com qualquer cara por aí que seja popular, ou que se destaque entre os demais... Ninguém pede a morte de ninguém, mas podemos tentar ficar distante de riscos desnecessários! E não adianta dizer que uma tragédia dessas serviu de lição para alguma coisa, pois não serve!Amanhã ou depois já terá mais casos assim!O que serve é os pais saberem educar seus filhos não deixando a "Deus dará" . Condolências á família!
 
Michael Angelo em 04/01/2014 10:51:59
sr. anderson pereira, concordo plenamente com sua indignação. realmente há muitas brechas em nossas leis que beneficiam ainda mais a criminalidade, mas não devemos atribuir tal situação apenas ao judiciário. devemos estar muito atentos àqueles senhores que elegemos, seja na esfera municipal, estadual ou federal, pois são esses políticos que constroem as regras (leis) e apenas cabe aos delegados de polícia, promotores de justiça e juízes a aplicação dessas leis. não há nenhum aplicador de leis contente com a situação, pois são eles cidadãos como todos nós, e que ainda usam suas ferramentas de trabalho(leis) já ultrapassada.
 
tathiane silva em 04/01/2014 10:38:52
A garota sabe que o cara não presta e sai com ele! Faz o quer, recebe o que não quer! Não adianta ter pena da garota, foi ela quem escolheu um marginal para namorar! Que isso fique de alerta as mocinhas que querem se aparecer com namorado marginal, a vida é essa "cadeia ou caixão"!
 
Alexandre de Souza em 04/01/2014 10:31:50
É o que da a nossa justiça deixar solto uns destes que provavelmente ja possuem passagens pela policia, se fosse nos Estados Unidos estariam presos ainda, e se fossem réus primários pegariam prisão perpétua, infelizmente a nossa justiça da brecha para estas bandidos, a vida para o ser humano não vale nada, mas pra Deus é valiosa, ja é o segundo caso em poucos dias.
 
anderson pereira em 04/01/2014 08:53:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions