A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Outubro de 2018

11/01/2018 18:20

Hospitais recebem R$ 21 milhões para quitar empréstimos com bancos

Prefeitura suspendeu pagamentos com promessa de cobrir a conta

Kleber Clajus

Cinco hospitais vão dividir aporte de R$ 21 milhões da Prefeitura de Campo Grande para cobrir despesas com empréstimos bancários. A medida foi acordada em setembro do ano passado, com anuência do Conselho Municipal de Saúde, para que o município ganhasse fôlego financeiro até arrecadar o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, explicou que repasse será realizado dentro do prazo que encerra na sexta-feira (12). "Vamos pagar eles", ressaltou. A engenharia financeira, por meio de empréstimo das unidades hospitalares junto aos bancos, suspendeu repasse mensal de R$ 5,3 milhões provenientes dos cofres municipais.

Acordo contemplou a Maternidade Cândido Mariano, Nosso Lar, Hospital de Câncer Alfredo Abrão, Santa Casa e São Julião. Os empréstimos teriam sido contraídos com o Bradesco e Caixa Econômica Federal. Com o repasse de R$ 21.503.304,23 espera-se que os mesmos sejam encerrados pelas instituições hospitalares.

Em setembro, o secretário havia pontuado que postergar o pagamento considerou atraso na transferência de R$ 22 milhões pelo governo estadual. Valor seria custeado pelo município para manter serviços como UPA (Unidade de Pronto Atendimento), medicamentos e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Por ano, a administração municipal investe a média de 32% da receita na áreas da saúde, o dobro da exigência legal de 15%.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions