ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Hospital Cassems vai transmitir cirurgia inédita no tratamento contra Parkinson

Por Adriano Fernandes | 24/02/2017 18:31
O procedimento será transmitido no auditório do hospital. (Foto: Arquivo/Fernando Antunes)
O procedimento será transmitido no auditório do hospital. (Foto: Arquivo/Fernando Antunes)

No próximo sábado, dia 25, o Hospital Cassems realiza, pela primeira vez, uma das mais promissoras cirurgias para o tratamento de pacientes com Parkinson. O procedimento, conhecido como Telemedicina de Estimulação Cerebral será transmitida em tempo real no auditório do da unidade para um grupo de 40 médicos.

A cirurgia, que em inglês é conhecida como DBS (Deep Brain Stimulation) consiste na implantação de uma espécie de marca-passo no cérebro, similar ao aparelho usado em cirurgias cardíacas.
A técnica oferece alívio imediato aos pacientes com o distúrbio a partir de uma estimulação elétrica de alta frequência no cérebro.

Os principais benefícios são: melhora da qualidade de vida, diminuição dos impactos da doença e da medicação, aumento do tempo de efeitos dos medicamentos e melhora dos principais sintomas da doença, como tremores, rigidez e o excesso de movimentos involuntários.

Quem vai executar o procedimento são os médicos Luís Henrique Tobaru Kanashiro, Renato Lima Ferraz, Halisson Yoshinari e Felipe Guardini com o reforço do experiente neurocirurgião funcional, Jony Soares Ramos, que atua em Cuiabá.

De acordo com o neurocirurgião, Luís Henrique Tobaru Kanashiro, a cirurgia é de alta complexidade e será realizada pela primeira vez no hospital da Cassems de Campo Grande.
“A estrutura do hospital Cassems nos permitirá compartilhar esse tipo experiência com os outros especialistas que, normalmente, não estão presentes dentro do centro cirúrgico.”, explicou Kanashiro.