ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  03    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Hospital de campanha tem farmácia, ambulância e oxigênio

Sem necessidade de agendamento, os atendimentos começaram nesta sexta-feira (10), no Parque Ayrton Sena

Por Viviane Oliveira e Marcos Maluf | 10/04/2020 09:26
Servidores dão os últimos retoques no hospital de campanha (Foto: Marcos Maluf)
Servidores dão os últimos retoques no hospital de campanha (Foto: Marcos Maluf)

O hospital de campanha instalado no Parque Ayrton Senna, no Bairro Aero Rancho, para atender pacientes com suspeita do novo coronavírus (covid-19), foi equipado com farmácia em micro-ônibus, macas, ambulância e cilindros de oxigênio. Sem necessidade de agendamento, os atendimentos começaram nesta sexta-feira (10) das 7h às 19h.

A equipe que atenderá ao público, desde o setor de limpeza aos profissionais de saúde, foi coordenada e orientada pelo médico sanitarista Daniel Soranz, professor e pesquisador da fundação Fiocruz. A recepção do hospital de campanha com quatro profissionais, um em cada mesa, conta com medidor de temperatura que vai funcionar como pré-triagem.

Na fila para atendimento foi fixado no chão fita adesiva com a distância de 1,5 metro e meio para evitar aglomeração. Depois do atendimento, o paciente com febre será encaminhado para um setor determinado, conforme a classificação de risco detectada no primeiro atendimento. Lá, os pacientes aguardarão sentados.

Área destinada ao idoso que está com sintomas, mas ainda não apresentou febre (Foto: Marcos Maluf)
Área destinada ao idoso que está com sintomas, mas ainda não apresentou febre (Foto: Marcos Maluf)

Dependendo da gravidade, o paciente vai para uma área que tem cilindros de oxigênio, de onde será encaminhado de ambulância para um hospital. No local foram instalados mini consultórios médicos, com macas para os pacientes, além de cadeira e mesa para os profissionais.

Responsável pela farmácia instalada no micro-ônibus, a farmacêutica Nádia Bernardes, explicou que serão disponibilizados aos pacientes medicamentos como paracetamol, dipirona, antialérgico, antibióticos e medicamentos emergências para doenças especificas com diabetes. A única entrada do hospital fica na Rua Jornalista Valdir Lago. A saída será pela Rua Ezequiel Ferreira Lima.

Fichas de atendimento individual separadas em azul (sem febre) e vermelho (idoso com febre) (Foto: Marcos Maluf)
Fichas de atendimento individual separadas em azul (sem febre) e vermelho (idoso com febre) (Foto: Marcos Maluf)

Apesar do atendimento ininterrupto e para todo o público, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) recomenda que só procurem os serviços de saúde quem realmente precisar. Caso haja dúvida em relação a necessidade de procurar o atendimento, o paciente poderá entrar em contato com o serviço de teleconsulta pelo número (67) 2020-2170.

Confira a Galeria de Imagens: