A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/08/2014 11:52

Hospital Infantil do SUS entra em funcionamento no dia 10 de setembro

Francisco Júnior e Kleber Clajus

O secretário municipal de saúde, Jamal Salém, afirmou nessa manhã (28) que o Hospital da Criança do SUS vai iniciar os atendimentos a partir do dia 10 de setembro. Ele esteve na Câmara Municipal para apresentar um balanço de sua gestão frente a secretaria.

Segundo Salém, inicialmente o atendimento será ambulatorial e contará com cinco médicos pediatras por turno. O hospital vai funcionar no prédio do Hospital Sírio Libanês, na Avenida Afonso Pena. A prefeitura vai pagar R$ 194 mil por mês de aluguel.

O secretário relatou que as próximas fases serão a ativação de 40 leitos para crianças e 60 para adultos. Para Salém, a unidade é apontada como uma alternativa para déficit de leitos e atendimento pediátrico na Capital.

A vereadora Luiza Ribeiro, do PPS, voltou a cobrar explicações com a relação ao contrato de locação do prédio. Ela questionou o secretário sobre fato do arrendamento ter sido feito sem licitação.

Balanço – Além do anúncio referente ao Hospital da Criança, o secretário apresentou números referente a Saúde no município. Ele destacou que 30% dos pacientes atendidos em UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) são do interior do Estado e grande parte possui o cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), que em Campo Grande totaliza cerca 1,230 milhão de pessoas cadastradas.

Com relação a seleção de médicos, ele voltou a lembrar que a administração municipal tem problemas para a contração já que é baixa procura pelas vagas. Segundo ele, o objetivo é reverter essas situação e proporcionar um estímulo, pois não só uma questão salarial.

Jamal ainda anunciou que o Labcem (Laboratório Central), que hoje funciona na Rua Calógeras, será transferido para o prédio da antiga Rocket autopeças, na Rua Dom Aquino quase esquina com a Avenida Ernesto Geisel. “ Não vai ter custo nenhum, uma vez que o uso do espaço será por troca de exames laboratoriais para o Hospital do Câncer”, explicou referente ao não pagamento do aluguel do prédio.

Entre os dados divulgados, ele destacou a aquisição de nove ambulâncias, sendo que quatro já estão sendo usadas, e a conclusão da obra de quatro PSF (Posto de Saúde da Família) que devem ser entregues em novembro, data também prevista para a entrega da UPA do Jardim Leblon e da Moreninhas, sendo está última com o edital para a compra do enxoval já publicado.

O vereador Chiquinho Teles, do PSD, elogiou o fato das UPAs estarem quase prontas, mas afirmou que a da Moreninhas precisará de novas intervenções, pois está toda pichada.

Airton Araújo, do PT, ressaltou que o problema dos médicos é que muitos “preferem dar plantão à noite porque de dia dão preferência ao consultório próprio”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions