A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Junho de 2018

21/12/2010 11:00

HU espera colocar radioterapia em funcionamento a partir de janeiro

Marta Ferreira

Hospital vai receber repasse de R$ 217 mil do governo do Estado

A radioterapia do HU (Hospital Universitário) deve voltar a funcionar em janeiro, segundo a previsão informada pela assessoria de imprensa da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), que firmou convênio para recebimento de repasse de R$ 217 mil do Governo do Estado para investimento no setor.

O convênio foi publicado hoje no Diário Oficial do Estado. Segundo a informação divulgada pela UFMS, a previsão é que antes do fim do ano seja concretizado o repasse e logo que isso ocorrer serão comprados os equipamentos que faltam para a reativação da radioterapia.

Precisam ser compradas peças de radioproteção, importantes para assegurar a segurança de quem faz o tratamento e de quem trabalha no lugar. Entre elas estão, conforme informado, estão dosímetro clínico, monitor de área e barômetro.

Após a compra do equipamento, o HU vai depender, ainda, de cedência de um profissional de radioterapia para que os tratamentos sejam retomadas.

Quando o MPF (Ministério Público Federal) chamou autoridades de saúde para discutir os problemas na oferta de tratamento de câncer em Campo Grande, em novembro, ficou definido que o Hospital do Câncer Doutor Alfredo Abrão vai ficar responsável por ceder esse profissional.

O convênio - A medida estipulando o repasse de recursos do governo do Estado para o HU prevê o “imediato funcionamento” do setor. A vigência é de 12 meses, com possibilidade de aditamento.

Atualmente, a rede pública de Campo Grande só oferece tratamento de radioterapia no Hospital do Câncer e na clínica particular Neorad, que teve o repasse de dinheiro público ampliado para R$ 1 milhão durante quatro meses, a partir de outubro, para tentar diminuir a demanda reprimida.

A volta ao funcionamento do HU é aguardada como uma forma de melhorar o atendimento oferecido e evitar que doentes de câncer precisem buscar tratamento em outras regiões.

Governo repassa R$ 217 mil para reativar setor de radioterapia do HU
Recurso é para compra de equipamento e materiais permanentesO governo do Estadol vai repassar à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) R$...
Clinica particular receberá R$ 1 milhão por radioterapia
Para reduzir a fila de 170 pessoas a espera de radioterapia no Estado, acordo definiu repasse de mais de R$ 1 milhão em 4 meses à clínica particular ...
Com radioterapia em crise, MPF convoca pacientes
O MPF (Ministério Público Federal) está convocando doentes com câncer em Campo Grande que estejam se sentindo prejudicados pelas dificuldades de trat...
Justiça considera concorrência desleal pesquisar preços no comércio vizinho
Pesquisa de mercado foi considerada "concorrência desleal" em decisão do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Isso depois que rede de ma...


existe (+ ou - ) 4.000 profissinais em campo grande e 89 % nao esta empregado deveriam abrir um seleçao, assim ajudaria para que tratamentos sejam retomados no HU.
 
adonis dias em 21/12/2010 06:04:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions