A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/12/2010 11:00

HU espera colocar radioterapia em funcionamento a partir de janeiro

Marta Ferreira

Hospital vai receber repasse de R$ 217 mil do governo do Estado

A radioterapia do HU (Hospital Universitário) deve voltar a funcionar em janeiro, segundo a previsão informada pela assessoria de imprensa da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), que firmou convênio para recebimento de repasse de R$ 217 mil do Governo do Estado para investimento no setor.

O convênio foi publicado hoje no Diário Oficial do Estado. Segundo a informação divulgada pela UFMS, a previsão é que antes do fim do ano seja concretizado o repasse e logo que isso ocorrer serão comprados os equipamentos que faltam para a reativação da radioterapia.

Precisam ser compradas peças de radioproteção, importantes para assegurar a segurança de quem faz o tratamento e de quem trabalha no lugar. Entre elas estão, conforme informado, estão dosímetro clínico, monitor de área e barômetro.

Após a compra do equipamento, o HU vai depender, ainda, de cedência de um profissional de radioterapia para que os tratamentos sejam retomadas.

Quando o MPF (Ministério Público Federal) chamou autoridades de saúde para discutir os problemas na oferta de tratamento de câncer em Campo Grande, em novembro, ficou definido que o Hospital do Câncer Doutor Alfredo Abrão vai ficar responsável por ceder esse profissional.

O convênio - A medida estipulando o repasse de recursos do governo do Estado para o HU prevê o “imediato funcionamento” do setor. A vigência é de 12 meses, com possibilidade de aditamento.

Atualmente, a rede pública de Campo Grande só oferece tratamento de radioterapia no Hospital do Câncer e na clínica particular Neorad, que teve o repasse de dinheiro público ampliado para R$ 1 milhão durante quatro meses, a partir de outubro, para tentar diminuir a demanda reprimida.

A volta ao funcionamento do HU é aguardada como uma forma de melhorar o atendimento oferecido e evitar que doentes de câncer precisem buscar tratamento em outras regiões.

Governo repassa R$ 217 mil para reativar setor de radioterapia do HU
Recurso é para compra de equipamento e materiais permanentesO governo do Estadol vai repassar à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) R$...
Clinica particular receberá R$ 1 milhão por radioterapia
Para reduzir a fila de 170 pessoas a espera de radioterapia no Estado, acordo definiu repasse de mais de R$ 1 milhão em 4 meses à clínica particular ...
Com radioterapia em crise, MPF convoca pacientes
O MPF (Ministério Público Federal) está convocando doentes com câncer em Campo Grande que estejam se sentindo prejudicados pelas dificuldades de trat...


existe (+ ou - ) 4.000 profissinais em campo grande e 89 % nao esta empregado deveriam abrir um seleçao, assim ajudaria para que tratamentos sejam retomados no HU.
 
adonis dias em 21/12/2010 06:04:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions