A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/02/2013 18:05

Idoso admite que matava gatos “para comer” há 20 anos

Viviane Oliveira e Helton Verão
O idoso aguardava na delegacia para registrar um boletim de ocorrência por lesão corporal. (Foto: Luciano Muta)O idoso aguardava na delegacia para registrar um boletim de ocorrência por lesão corporal. (Foto: Luciano Muta)

Um idoso de 75 anos confessou hoje que, há 20 anos, mata gatos "para comer". A confissão veio depois de um flagrante feito por vizinhos, no sábado (28) na rua Ivo Osman Miranda, no bairro Moreninha 4, em Campo Grande.

Idnei Tavares da Silva foi levado pelos moradores para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, após pegar pelo rabo um gato e bater a cabeça dele contra o meio-fio.

O idoso, que mora no jardim Capital, disse que cria 4 gatos em casa e "só mata animal que está abandonado na rua". Segundo ele, matava, tirava a pele e fazia frito. “Tem gosto de frango e a melhor parte é a coxa”, afirma.

Com manchas de sangue até hoje na calçada, o autônomo Paulo Sosti, 56 anos, reclama da atitude do idoso. “Ele deu desculpas dizendo que o gato estava passando forme, mas isso não justifica tamanha crueldade”, lamenta.

Hoje o idoso foi encontrado todo machucado na 4º Delegacia de Polícia, no bairro Moreninha, onde aguardava para registrar um boletim de ocorrência por lesão corporal. Segundo ele, foi agredido por um homem, mas o motivo não era porque matava gatos. “Ele me agrediu com um pedaço de pau, dizendo que eu 'tirei' ele, não entendi por quê”, disse.

De acordo com o idoso, há 20 anos se alimenta de gatos. “Eu não uso drogas, não sou alcoólatra, como gato porque gosto. Até então eu não sabia que não podia comer animais domésticos”, finaliza o idoso.



Não aceitamos que alguém coma gatos simplesmente pelo "imperativo cultural" em torno disso. Na nossa cultura, os gatos são considerados animais domésticos e nos afetuamos a eles. Acho que esse senhor deve passar por avaliação não só mental, mas também por exames que possam detectar algum problema de saúde advindo da alimentação desses animais que ele consumia (gatos de rua).
 
Marcos Araújo em 09/02/2013 10:23:58
Comer gato para muitas pessoas é um ato de crueldade, mas para mim é um tabu. Que mal tem o senhor Idnei de vez em outra comer um prexano, não vejo nenhuma maldade mais sim um sentimentalismo é o mesmo que uma vaca na Índia(animal sagrado), bom pra mim os dois são muito rico em proteínas e é disso que nosso corpo necessita.
 
joão liro em 05/02/2013 03:08:13
é mais facil um senhor analfaberto ficar prezo por comer gatos do que um parlamentar envolvido no mensalão ficr prezo alias o rener foi eleito prsidente do senado kkkkkkk
 
DOUGLAS SILVA em 04/02/2013 21:20:27
Carne de gato, um ou o mais típico em Angola.. e bem feito.. é na verdade uma DELÍCIAAAAA!!!
 
Gilson Giordano em 04/02/2013 19:51:06
Velho nojento...

Me deu ânsia de vômito ler essa história.

Sem palavras para descrever tanta crueldade...
 
Amanda Oliveira em 04/02/2013 19:38:59
O NOME VERDADEIRO DELE É ALF O ET TEIMOSO
 
HELIO SOUZA em 04/02/2013 19:29:09
Olha, partindo do princípio que comemos boi, vaca, avestruz, paca, cutia, veado, tatu, enfim todo tipo de carne, inclusive as de caça, não vejo porque recriminar o senhor por comer carne de gato. O gosto é dele... Vão falar da violência cometida contra os pobres gatinhos? A forma como são mortos? E no frigorífico de abate é diferente? Deixemos de hipocrisia!
 
Simone Salles em 04/02/2013 19:06:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions