A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

10/12/2016 13:19

Idoso passa direto em rua, colide carro em muro e morre na Capital

Suspeita é que vítima tenha sofrido um infarto

Mayara Bueno
Parte do muro caiu com a colisão. (Foto: Direto das Ruas)Parte do muro caiu com a colisão. (Foto: Direto das Ruas)
Tapumes já foram colocados no local. (Foto: Fernando Antunes)Tapumes já foram colocados no local. (Foto: Fernando Antunes)

Amadeu Pereira de Souza, 64 anos, morreu na manhã deste sábado (10) depois que o carro que dirigia ter batido em um muro de uma escola na Vila Margarida, em Campo Grande. O acidente ocorreu por volta das 7h30, quando o homem ia para o dentista. A perícia ainda avalia se a morte foi provocado por um infarto ou pela colisão.

De acordo com a Polícia Civil, Amadeu conduzia um veículo corsa de cor branca em direção ao posto de saúde da Vila Margarida, onde seria atendido. No momento em que trafegava em direção à Rua Capital, o idoso seguiu reto na Rua Maracá, quando deveria, necessariamente, virar para a esquerda ou direita. 

O homem bateu no fundo do Educandário Getúlio Vargas, derrubando o muro e parando dentro do local. A Polícia Militar de Trânsito, que esteve no local, acredita que Amadeu possa ter passado mal. Acionado, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) encaminhou a vítima para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). A equipe tentou reanimar a vítima por 50 minutos, mas ele não resistiu e morreu.

O caso foi enviado para o Imol (Instituto Médico Legal) para averiguar se Amadeu sofreu um infarto. A possibilidade existe porque o corpo não apresentava escoriações ou traumas que justificassem morte pela colisão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions