A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/06/2014 16:10

Inédito na Capital, projeto leva dez serviços gratuitos aos bairros

Zana Zaidan
1ª edição aconteceu no Dom Antônio Barbosa, e será estendida para outros bairros (Foto: Divulgação/ CMCG)1ª edição aconteceu no Dom Antônio Barbosa, e será estendida para outros bairros (Foto: Divulgação/ CMCG)

Promovido pela primeira vez em Campo Grande, o projeto “ Humanização e Cidadania” levou dez serviços gratuitos à população do bairro Parque do Sol, neste sábado (7). Novas edições vão atender outras regiões da Capital.

Mais de 300 pessoas foram atendidas no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Professora Ayd Camargo César, principalmente moradores que atuam como catadores de materiais recicláveis no Aterro Sanitário Dom Antônio Barbosa, que hoje passa por imbróglio jurídico. Muitos deles, inclusive, não possuem vínculos empregatícios e tinham dificuldades de acesso à serviços básicos.

Os participantes tiveram acesso a corte de cabelo gratuito, mamografia, emissão do cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), inscrições para cursos profissionalizantes, emissão de Carteira de Trabalho, emissão de segunda via de certidão de nascimento, óbito e casamento, orientações jurídicas nas esferas cível, trabalhista, do consumidor, previdenciário e de família, além de apresentações culturais, atividades recreativas e educativas.

Moradora do bairro, a aposentada Francisca Maria da Conceição, 63 anos, aproveitou a ação para realizar, pela primeira vez, o exame de prevenção do câncer de mama e levar os netos para participar das atividades recreativas. Ela ainda aproveitou para agradecer a presença da Câmara no bairro. "Ajuda muito, pois um exame como esses no posto de saúde demora seis meses para sair o resultado. Acho que (o projeto) tem que vir mais para cá, a gente precisa do serviço", afirmou.

Realizado pela Câmara de Vereadores, e outras instituições, a intenção do projeto é aproximar os parlamentares da população, e tornar acessível às comunidades carentes a prestação de serviços básicos.

"Ações como essas só são possíveis com nossos parceiros. Agradeço a todos que colaboraram e pretendemos trabalhar para ampliar o número de atendimentos e levar o projeto para outras regiões", afirma o presidente da Casa de Leis, o vereador Mário César (PMDB).

O evento contou com apoio da Fundac (Fundação de Cultura), Funesp (Fundação de Esportes), Semed (Secretaria de Educação), Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Sesau (Secretaria de Saúde), SAS (Secretaria de Assistência Social), UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Unaes, Cassems (Caixa de Assistência aos Servidores de MS), Fundação Carmem Prudente e Flavinho Escola de Cabeleireiros.

Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...
Homem tem corpo queimado em acidente doméstico e morre na Santa Casa
Após dois dias internado, José Loureiro da Cruz, 49 anos, morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (15) na Santa Casa em decorrência de acidente d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions