A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/01/2014 17:00

Iphone não desliga e aparelhos com problema “lotam” loja de reparos

Lidiane Kober
Com um oficial de Justiça, Marquinhos foi hoje a Iplace exigir a troca imediata do celular, como determina o Código de Defesa do Consumidor (Foto: Cleber Gellio)Com um oficial de Justiça, Marquinhos foi hoje a Iplace exigir a troca imediata do celular, como determina o Código de Defesa do Consumidor (Foto: Cleber Gellio)

Conhecido mundialmente pela qualidade, cerca de 50 exemplares do Iphone 5 apresentaram defeito em Campo Grande e consumidores foram obrigados a acionar a Justiça para não ficar sem aparelho celular até um novo chegar.

O problema é que o Iphone não desliga de jeito nenhum e, mesmo com a garantia valendo, a autorizada da Apple, na Capital, a Iplace, não aceita entregar outro aparelho até receber um substituto. Dessa forma, o consumidor ficaria até 20 dias sem celular.

“Há exatos 35 dias, meu aparelho não desliga, precisei viajar de avião e não consegui desativá-lo”, contou o deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB). O mesmo problema aconteceu com o Iphone do auxiliar de cartório, Luiz Fernando Vieira do Carmo.

Com a garantia em mãos, os dois procuraram a autorizada da Apple em Campo Grande. “A empresa confessou o problema e o classificou como defeito de série”, relatou Marquinhos. A Luiz Fernando, a empresa, inicialmente, alegou “fadiga do material”.

“Primeiro, que fui duas vezes lá e, cada vez, informaram um horário de atendimento. Inicialmente, das 14h às 18h, depois, das 15h às 18h. Depois, minha mulher foi e, para ela, um funcionário se comprometeu em atendê-la às 11h. Aí indignei de vez, só porque minha mulher é bonita, ganha atendimento a qualquer hora?”, questionou, inconformado.

Passado o mal-estar inicial, ele não aceitou a alegação de que o aparelho apresentou “fadiga”. “Queriam culpar o consumidor”, analisou. “Agora, se a culpa fosse minha, você acha que eles dariam um novo celular, como se comprometeram?”, indagou. “No final das contas, admitiram o defeito de série”, concluiu.

Apesar de reconhecer a falha, a empresa mandou dos dois consumidores entregar o Iphone e ficar de 15 a 20 dias à espera de um novo aparelho, prazo supostamente necessário para a Apple mandar um substituto. “Queria um celular qualquer, só para fazer e receber chamadas, porque não posso ficar sem telefone”, comentou Marquinhos.

Justiça em ação - Alheia aos apelos, a empresa disse que não teria autonomia para entregar outro aparelho e que a regra vinha de cima. Certo de que o Código do Consumidor determina a troca imediata, o deputado acionou a Justiça e ganhou, nesta quarta-feira (29), medida de antecipação de tutela, assinada pelo juiz Emerson Cafure dos Santos, obrigando a Iplace a lhe entregar um aparelho em três dias até o substituto do Iphone chegar.

“Briguei pelos meus direitos como consumidor, como advogado, não como homem público”, frisou o deputado. “Espero que a decisão, ajude outras pessoas”, finalizou. Hoje, o Iphone 5 foi substituído pelo Iphone 5S, mas a Apple ainda tem estoque do modelo anterior.

Maioria prefere pagar taxa de lixo em fatura separada, aponta enquete
A maioria dos leitores participantes da enquete da semana diz que prefere pagar a taxa do lixo em um boleto separado da fatura de água ou luz. O valo...
Homem é baleado nas costas enquanto caminhava na 14 de Julho
Jovem de 23 anos foi baleado nas costas enquanto caminhava na Rua 14 de Julho, no Bairro Cabreúva, em Campo Grande. Hugo Vinícius Crisanto de Lima fo...


independente se ele tem dinheiro ou não,ele é consumidor e fez jus aos seus direitos,se todos fizessem o mesmo não haveriam tantos problemas.
 
Luciana Farias de Matos em 30/01/2014 10:38:18
O meu está com esse mesmo defeito, Vou lá também!! Essas lojas assim como várias prestadoras de serviços não respeitam os consumidores! Se acham a dona da razão sempre. Na hora de vender te tratam como reis, depois não estao nem ai! Pau neles
 
Breno Carminto em 30/01/2014 09:36:15
Não importa se o Deputado tem ou não dinheiro para comprar outro, como consumidor temos nossos direitos e as empresas não os respeitam. Está na garantia e deu defeito. Tem de ser substituido imediatamente sem prejuízo para o consumidor. Se não I-phode.
 
Luciano Lima em 30/01/2014 08:56:39
Eu acho que a apple deveria tratar melhor os clientes nao ficar com e essa palhaçada com os aparelhos dela ela é top sim mas agora ele encontrou uma adversaria a altura a samsug com os galaxs S3 e S4 que e tao top com os deles.
Eu fui la na iplace sabado para comprar um iphone 4S não tinha e nem tem previsão de quando vai chegar mas nao gostei do atendimento
douglas ferreira
 
douglas ferreira em 30/01/2014 08:53:38
Uau, 50 celulares "lotam" loja de reparos. De milhões fabricados e apenas 50 deram problemas numa cidade onde devem ter alguns milhares de iPhones circulando, é mais do que aceitável. Desses 50, boa parte dos problemas são de caquinhas de usuários descuidados e preguiçosos que não "podem" perder 5 minutos ligando para o 0800 da Apple pra fazer um pré diagnóstico e resolver o problema sem sair de casa. Mas é cultura do brasileiro, primeiro sair reclamando pra depois tentar resolver.
 
Sergio Arantes em 30/01/2014 08:41:22
Dois pontos. Primeiro: aos que comentam que o Android vai "dominar o mundo" pergunto: qual assistência técnica autorizada deve ser reclamado problemas no Android? Segundo: onde um cidadão comum teria acesso a uma ordem judicial tão rápida como o nosso "cidadão" Marquinhos conseguiu?
 
Fabiano ANdrade em 30/01/2014 08:35:58
Morram de inveja: trecho de uma reportagem onde a Apple manda substituir um notebook no alto de uma montanha do Himalaia, no inverno, em menos de uma semana:
."E hoje, dia 6 de janeiro, um funcionário de uma agencia de expedições entregou a Simone Moro (Emilio e David não estavam, pois tinham subido para o acampamento 1 a 4.100m) o novo Macbook Pro e nota-se que junto foi enviado um agasalho da Apple. Uma entrega dessa em uma área tão remota e ainda mais no inverno, já é um grande feito para a expedição."
 
Athaide Romero em 30/01/2014 08:11:50
Passo longe dessa loja iPlace. Atendimento péssimo, funcionários desinformados. Fui até a loja semana passada para comprar a película do iPad air e ao entrar na loja os três vendedores ficaram parados entretidos com seus celulares. E ao questionar sobre o atendimento um deles veio com uma má vontade e o mesmo alegou que a loja não possuía a película de proteção. Estava saindo da loja quando vi o produto na prateleira e sinalizei o vendedor que ficou sem graça alegando que o produto havia chego e ninguém o avisou. Notei também que ao entrar mulher na loja o atendimento é diferente. Juro que não entendo a maioria desses vendedores de loja de shopping. Não ganham muito, gastam muito com roupas de marcas e se sentem os reis da cocada preta só por trabalhar em uma loja de grife...
 
Diego Sebastian em 30/01/2014 07:33:33
é tudo igual, iphone, nokia, samsung, motorola, sony,etc, só te enrolam, como e quanto tempo, só levou o celular referido porque é politico e advogado, o prazo que pedem é 30 dias e Não troca o aparelho, só consertam.
 
Maria Aparecida em 30/01/2014 07:11:22
Parabens ao deputado Marquinhos Trad, mostrou que o consumidor tem seus direitos, existe sim o codigo de defesa do consumidor, as empresas sendo elas grande ou pequena devem respeitar o consumidor.
 
silva souza em 30/01/2014 07:11:21
É... Mas só funcionou a troca do aparelho celular junto com um oficial de justiça porque ele é sim um "homem público". Queria ver se fosse um "cidadão comum" com o mesmo problema... Ia ficar na conversinha fiada... Eh Brasil...!!!!!!!!!!!!!!
 
Ricardo Boretti em 29/01/2014 19:39:55
Tadinho do deputado, não tem dinheiro para comprar um outro né? Maldade a parte, está certo em buscar os direitos, só fica uma dúvida: se fosse um cidadão comum, será que ele conseguiria um ordem judicial fácil assim?
Êêê Brasil...
 
Alexandre Souza em 29/01/2014 18:33:26
Os celulares da Apple são fabricados na China, por ter uma mão de obra barata e poucos encargos, resta saber se os china estão tendo rigor na qualidade. Agora pagar R$ 3 mil num celular que não funciona.
 
Marcos Wild em 29/01/2014 18:27:59
Só deixar a bateria acabar que ele desliga.
 
Fernando Maurício em 29/01/2014 17:58:01
Foi o tempo que Iphone era sinônimo de qualidade! Android irá "dominar o mundo" !
 
Luciano Bandeira em 29/01/2014 17:25:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions